Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 15 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
Brasil

Rendimento e qualidade do milho e do sorgo em discussão

16 Set 2004 - 08h02
Os fatores que afetam os rendimentos do milho e a qualidade do grão e do sorgo para a alimentação animal foram os assuntos tratados ontem (15-09) durante a 49ª Reunião Técnica Anual do Milho e a 32ª Reunião Técnica Anual do Sorgo, no auditório da Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro). Também foram apresentados trabalhos técnicos-científicos por pesquisadores e extensionistas.

Reduzir o espaçamento mantendo a mesma população de plantas e a adubação nitrogenada aumentam a produtividade e melhoram a qualidade do milho. Essa é uma das conclusões apresentadas pelo professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Paulo Régis Ferreira da Silva, que há 10 anos pesquisa o assunto. Segundo o professor, práticas de manejo como a escolha da variedade, da época de semeadura, de espaçamento e densidade, de adubação e de cobertura de solo também influenciam diretamente na produção do grão. "Não existe uma receita pronta, definitiva, para melhorar os rendimentos da cultura. As recomendações devem ser feitas individualmente" salienta Paulo Régis.

No Brasil 80% da produção de milho e de sorgo são destinados para a alimentação de suínos e aves. Para o pesquisador da Embrapa Suínos e Aves de Concórdia, o agrônomo Gustavo Lima, que palestrou à tarde nas Reuniões, existem aspectos a melhorar na qualidade desses dois grãos que, conseqüentemente, irão reduzir custos e qualificar o produto final. Segundo Lima uma das pesquisas realizadas pela Embrapa aponta o aumento do teor de óleo no milho por meio do melhoramento genético, a melhoria na colheita e na limpeza dos grãos como ações importantes na busca de um bom produto.

O pesquisador da Embrapa destacou ainda o crescimento do sorgo no Brasil. Em cinco anos a produção nacional passou de 1 milhão de toneladas para 2 milhões de toneladas na última safra. "Esse número poderia ter sido ainda maior. O crescimento depende da extinção do sorgo de auto tanino que não é aceito pelos principais consumidores que são os animais. Existe um mercado muito grande para o produtor que deve saber o que o cliente está procurando" salienta.
 
 
Agrolink

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASSINO BRASIL
Para inspirar o cassino Brasil!
HOMEM PATETA
Polícia identifica menino de 12 como ‘Homem Pateta’, que sugere suicídio a crianças
BRASIL - 74.133 MORTES
Brasil tem 41,8 mil novos casos e 1.300 óbitos em 24h
FINAL CARIOCA
Transmissão da Final do carioca entre Flamengo e Fluminense no SBT vira meme
FATALIDADE
Instrutor de tiros morre após disparo acidental contra o próprio peito no dia do aniversário
TRUCULENCIA
'Achei que iria morrer sufocada como George Floyd', diz mulher negra que teve pescoço pisado por PM
AUXILIO EMERGENCIAL
Liberados saques e transferências para aprovados no 3º lote
VITIMA DA COVID 19
Cantor morre de covid-19 após sogro e sogra; esposa está em isolamento
CAOS NA SAUDE
MT está perdendo a guerra para o coronavírus; nós subestimamos a doença
TRAGEDIA NO CONDOMÍNIO
Adolescente que matou amiga treina tiro esportiva há 3 anos com o pai