Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 11 de maio de 2021
Busca
Brasil

Rendimento e qualidade do milho e do sorgo em discussão

16 Set 2004 - 08h02
Os fatores que afetam os rendimentos do milho e a qualidade do grão e do sorgo para a alimentação animal foram os assuntos tratados ontem (15-09) durante a 49ª Reunião Técnica Anual do Milho e a 32ª Reunião Técnica Anual do Sorgo, no auditório da Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro). Também foram apresentados trabalhos técnicos-científicos por pesquisadores e extensionistas.

Reduzir o espaçamento mantendo a mesma população de plantas e a adubação nitrogenada aumentam a produtividade e melhoram a qualidade do milho. Essa é uma das conclusões apresentadas pelo professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Paulo Régis Ferreira da Silva, que há 10 anos pesquisa o assunto. Segundo o professor, práticas de manejo como a escolha da variedade, da época de semeadura, de espaçamento e densidade, de adubação e de cobertura de solo também influenciam diretamente na produção do grão. "Não existe uma receita pronta, definitiva, para melhorar os rendimentos da cultura. As recomendações devem ser feitas individualmente" salienta Paulo Régis.

No Brasil 80% da produção de milho e de sorgo são destinados para a alimentação de suínos e aves. Para o pesquisador da Embrapa Suínos e Aves de Concórdia, o agrônomo Gustavo Lima, que palestrou à tarde nas Reuniões, existem aspectos a melhorar na qualidade desses dois grãos que, conseqüentemente, irão reduzir custos e qualificar o produto final. Segundo Lima uma das pesquisas realizadas pela Embrapa aponta o aumento do teor de óleo no milho por meio do melhoramento genético, a melhoria na colheita e na limpeza dos grãos como ações importantes na busca de um bom produto.

O pesquisador da Embrapa destacou ainda o crescimento do sorgo no Brasil. Em cinco anos a produção nacional passou de 1 milhão de toneladas para 2 milhões de toneladas na última safra. "Esse número poderia ter sido ainda maior. O crescimento depende da extinção do sorgo de auto tanino que não é aceito pelos principais consumidores que são os animais. Existe um mercado muito grande para o produtor que deve saber o que o cliente está procurando" salienta.
 
 
Agrolink

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias