Menu
SADER_FULL
quarta, 12 de maio de 2021
Busca
Brasil

Renda cresce 20% em cinco anos, mas ainda perde para recorde de 1996

8 Set 2010 - 18h10Por Folha

A renda mensal do trabalhador cresceu pelo quinto ano consecutivo, mas ainda não recuperou os níveis da década de 90. Em 2009, a renda média cresceu 2,2% e chegou a R$ 1.106. Já entre 2004 a 2009, a renda teve expansão de 20%.

O recorde ainda é o de 1996, que não considerava as regiões rurais da região Norte, quando o rendimento médio do trabalhador chegava a R$ 1.144. Na mesma comparação entre 2009 e 1996 --excluindo as áreas rurais--, a renda média no ano passado subiria para R$ 1.111.

De 1997 a 2004, o rendimento do trabalhador manteve queda constante, e a perda acumulada chegou a 18,1%, fechando 2004 em R$ 926 --o menor valor foi apontado em 1992, primeiro ano da série, com R$ 799.

Os trabalhadores do Nordeste tiveram renda média de R$ 734 em 2009, a menor entre as regiões do país. No Centro-Oeste, os trabalhadores receberam R$ 1.309 médios, a maior do país.

A desigualdade permaneceu alta no país. Os 10% da população ocupada com os rendimentos mais elevados concentraram 42,5% do total da renda do trabalho. Já os 10% com renda mais baixa foram responsáveis por apenas 1,2% das remunerações.

O índice de Gini, que mede a concentração de rendimentos, foi de 0,518 em 2009, ante 0,521 no ano anterior. Quanto mais próximo de 1, maior é a desigualdade.

Em todas as regiões houve retração no índice de Gini, exceto na região Norte, que passou de 0,479 para 0,490.

Se forem avaliadas todas as fontes, nota-se redução maior no índice de Gini -- de 0,530 para 0,524, em todo o Brasil. Neste caso, o IBGE constatou maior aumento médio mensal em todas as classes, principalmente nas mais baixas.

A maior redução da desigualdade, na avaliação de renda de fontes além dos ganhos com trabalho, revela a influência de programas sociais, especialmente o Bolsa Família.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul