Menu
SADER_FULL
quarta, 14 de abril de 2021
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
Busca
Brasil

Remédio para tosse baixou 2,28%; já curativo subiu 3,91%

6 Ago 2004 - 16h55

A pesquisa do IPC/CG (Índice de Preços ao Consumidor de Campo Grande) constatou-se que os preços do grupo Saúde se mantiveram estáveis, com variação de 0,14%, como conseqüências de variações nos preços de medicamentos, que podem ser observados na tabela 6. Destaque para os curativos que tiveram reajuste de 3,91% em julho e para os antigripais que sofreram queda de preço de -2,28%.


Tabela 6. Variações de preços do Grupo Saúde
Sub-Item Variação (%)
Material para curativo 3,91
Antiinflamatório e antireumático 1,80
Antimicótico e parasiticida 1,49
Analgésico e antitérmico 1,33
Vitamina e fortificante 1,33
Antiinfeccioso e antibiótico 1,19
Hipotensor e hipocolesterínico -1,18
Antigripal e antitussígeno -2,28

 

MS Notícias

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore