Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 16 de maio de 2021
Busca
Brasil

Remédio contra lepra reduz aparecimento do Parkinson

29 Nov 2004 - 17h46
Um remédio habitualmente subministrado em pacientes com lepra, chamado rifampicina, reduz entre a possibilidade de desenvolver o mal de Parkinson, o que abriria novas vias de pesquisa sobre a doença, disse nesta segunda-feira o cientista Anthony L. Fink.

Ao saber que os doentes de lepra tratados durante um tempo prolongado com rifampicina diminuíam as probabilidades de desenvolver o mal de Parkinson, os cientistas decidiram fazer experimentos "in vitro" para comprovar se esse remédio era eficaz para frear a doença.

A investigação coordenada por Fink, da Universidade da Califórnia em Santa Cruz, consistiu em analisar os efeitos do antibiótico rifampicina na luta contra o Parkinson. O uso do remédio não está limitado ao tratamento da lepra, mas também ao de outras doenças como a tuberculose.

Até agora se sabia, a partir de estudos epidemiológicos em leprosos, que os pacientes com esse mal tratados durante anos com rifampicina tinham menos probabilidades de desenvolver demência senil, um mal associado ao Alzheimer e aproximadamente a um terço dos doentes de Parkinso.

Na pesquisa se tentou comprovar se esse fármaco ajudava a prevenir a multiplicação anormal do gene alfa-sinucleína que se detecta a partir da morte de células nervosas do cérebro, quando aparentemente se desencadeia o desenvolvimento do Parkinson.

No entanto, ainda são necessários mais trabalhos para determinar se a rifampicina seria efetiva do ponto de vista terapêutico em doentes de Parkinson.

Por outro lado, outras pesquisas anteriores realizadas em laboratório demonstram que a rifampicina pode ajudar na prevenção de outras doenças além do Parkinson, como o Alzheimer, lembrou Fink.

 

EFE

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada