Menu
SADER_FULL
domingo, 7 de junho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Reivindicação de professores não deve prejudicar alunos

24 Abr 2007 - 15h29
O governo do Estado está recomendando às escolas estaduais para que não prejudiquem o calendário de aulas dos alunos com a paralisação dos professores, que acontecerá esta semana, em virtude da reivindicação por salários melhores.
 
A secretária de Estado de Educação, professora Nilene Badeca da Costa, não quer que os alunos sejam prejudicados, pois o calendário de aulas já está definido. “Estamos recomendando aos gestores e diretores das escolas para que ponderem. A escola deve enviar um representante a Brasília. Mas os alunos não devem ficar sem aula”, enfatizou a secretária.
 
A Secretaria não autorizou a participação de alunos menores de 18 anos nas manifestações. Os professores estão se mobilizando para participar de uma “marcha nacional”, com o objetivo de reivindicar um piso salarial de R$ 1.050,00, em vez do piso de R$ 850,00 que o governo federal propôs.
 
 
Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concurso federal com salário de até R$ 6 mil encerra inscrições nesta sexta-feira
100 ANUNCIOS
Covid-19: Bolsonaro ordenou atrasar boletins para não passar em telejornais
AUXILIO EMERGENCIAL
Veja se o seu CPF foi usado e como denunciar a fraude
3º EM NÚMERO DE VÍTIMAS
Com recordes seguidos, Brasil passa dos 34 mil mortos por coronavirus
COVID-19
Micro e pequenas empresas terão acesso a crédito facilitado
VÍDEO - CAPIVARA BOA DE MERGULHO
Capivara boa de mergulho é flagrada em rio de MS, assista
CASO DE POLÍCIA
Patroa é presa sob suspeita de homicídio culposo após filho de empregada cair do 9º andar
LUTA PELA VIDA
Cantora gospel que morreu por coronavírus, fez vaquinha para pagar tratamento
ELEIÇÕES 2020
Vai ter eleição, TSE autoriza convenções partidárias virtuais para eleição deste ano
BOA NOTICIA
Auxílio emergencial deve ser estendido em mais duas parcelas de R$ 300