Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 29 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Reino Unido autoriza clonagem de embrião humano

11 Ago 2004 - 10h57
As autoridades britânicas deram hoje sua autorização para que cientistas da Universidade de Newcastle (nordeste da Inglaterra) clonem embriões humanos com fins terapêuticos. A aprovação da Autoridade Britânica de Fertilidade Humana e Embriologia (HFEA, na sigla em inglês) permitirá que seja realizada a primeira clonagem humana com fins terapêuticos da Europa.

O grupo de cientistas de Newcastle, liderado por Miodrag Stojkovic, apresentou em junho um projeto para usar na clonagem de embriões humanos a mesma técnica empregada na da ovelha Dolly, o primeiro mamífero clonado. Inicialmente, os embriões serão utilizados como fonte de células-tronco para o tratamento de diabéticos. O grande valor das células-tronco, que crescem nos primeiros dias de vida do embrião, está em sua capacidade de virar tecidos de qualquer tipo.

Depois de apresentar o projeto, Stojkovic disse que se trata de "uma grande oportunidade" e especificou que a pesquisa se focará no diabetes, mas que poderá derivar em iniciativas para a cura de outras doenças como o mal de Parkinson e de Alzheimer. "Nossa intenção não é criar humanos, mas salvar vidas", ressaltou o cientista.

A decisão da HFEA é considerada um marco na pesquisa médica e biológica, mas conta com a oposição de grupos religiosos e anti-abortistas. Para o Grupo de Interesse na Genética, que representa 130 organizações beneficentes de famílias com problemas genéticos, milhões de pessoas poderão se beneficiar com a pesquisa.

Por outro lado, o grupo anti-clonagem Alerta sobre a Genética Humana, pediu à HFEA que rejeite o projeto porque "é um esbanjamento de dinheiro público e ultrapassa grandes barreiras éticas".

Clonar um embrião humano com fins terapêuticos é legal no Reino Unido desde janeiro de 2001, quando foi introduzida uma emenda na Lei de Embriologia Humana deste país. No entanto, a clonagem dirigida à reprodução humana continua sendo ilegal e é punida com multas e penas de até dez anos de prisão.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa deposita auxílio emergencial nesta 5ª feira para nascidos em novembro
FOI MAL
Bolsonaro recua e revoga decreto que facilita privatização dos postos do SUS
90% RECUPERADOS
Brasil tem 158,4 mil mortes por covid-19 desde início da pandemia
ASSEDIO SEXUAL
Dono de loja é preso por estuprar jovem na entrevista de emprego
100 PAGAMENTOS
Mais de 17 milhões devem ficar sem todas as parcelas do auxílio
ASSALTANTES
Apresentador da Record sequestrado é achado em RR teve braços quebrados e amarrados
BRASIL - 157.397 MORTES
Brasil tem mais 263 mortes e 15.726 novos casos de covid-19
ALIVIO NO BOLSO
Petrobras reduz preços de gasolina e diesel a partir desta terça (27)
BARBÁRIE
Marido mata mulher a facadas dentro de casa durante almoço de domingo
CAPOTAMENTO
Carro capota várias vezes ao fazer curva na MT-412 e mata fotógrafo