Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 12 de maio de 2021
Busca
Brasil

Registrado, em 10 meses, 304 mortos em rodovias, diz DNIT

6 Dez 2004 - 08h29
De acordo com estatísticas do DNIT (Departamento nacional de infra-estrutura e transporte) , foram registrados 4.649 acidentes, no período de janeiro de 2001 até 31 de outubro deste ano, com 304 mortes e 3.366 pessoas feridas. Desse total, caminhões e carretas estão envolvidos em 93% das colisões e capotamentos.

Conhecida como “rodovia da morte”, a BR-163 atravessa todo Mato grosso do Sul, começando em Guairá e seguindo até Sonora.

O trecho mais violento está nos 388 km entre a Capital e a divisa com Mato Grosso. Segundo informações da Assessoria de Imprensa da PRF, a maior causa dos acidentes ainda é a imprudência dos motoristas. Ultrapassagens em locais proibidos e alta velocidade são as principais infrações constatadas.

Nesse trecho entre Campo Grande e Sonora trafegam média de 5 mil veículos por dia, a maioria de caminhões que transportam produtos alimentícios para o Norte do Brasil e voltam com carga de soja, milho, sorgo, arroz, entre outros produtos agrícolas.
 
 
 
MS Notícias

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias