Menu
SADER_FULL
segunda, 29 de novembro de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Reduzir horário de TV à metade pode evitar ganho de 6 kg ao ano

6 Jan 2010 - 15h28Por The New York Times

Adultos com sobrepeso que reduziram pela metade o tempo de televisão durante três semanas usaram cerca de 120 calorias a mais por dia do que um grupo similar de espectadores que continuou assistindo a cinco horas diárias em média, segundo um pequeno experimento.

Embora 120 calorias possam parecer pouco, isso é o equivalente ao número de calorias queimado numa caminhada de uma milha (cerca de 1,6 km), disse Jennifer J. Otten, principal autora do artigo, publicado na edição de 14 a 28 de dezembro do "Archives of Internal Medicine".

"Precisamos de um estudo de maior prazo para ver se esta intervenção ajudaria na perda de peso ou na prevenção do ganho de peso", disse Otten. "Mas, se considerarmos de forma cumulativa, seria o equivalente a caminhar oito milhas [quase 13 km] por semana. Durante um ano, poderia ajudar a evitar o ganho de seis quilos."

Para conduzir o experimento, os pesquisadores recrutaram 36 adultos com sobrepeso e obesidade que viam pelo menos três horas de TV por dia, e designaram aleatoriamente 20 deles para cortar esse tempo pela metade. A redução foi imposta por meio de um dispositivo de bloqueio eletrônico. Todos os participantes usaram acelerômetros presos no braço que mediam seus movimentos, segundo Otten.

Eles passaram mais tempo em atividades físicas leves ou atividades sedentárias que queimavam mais calorias do que ver televisão --ler, jogar jogos de tabuleiro ou escrever.

Leia Também

COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto
CRUELDADE
Justiça nega exame de insanidade a mulher que esquartejou filho
MANIACO SEXUAL
Homem é filmado passando a mão em mulher no meio da rua
+ AUMENTO
Conta de luz deve subir mais de 20% no ano que vem, estima ANEEL