Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 25 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Record responde à Globo e negociará com C13 e dissidentes

2 Mar 2011 - 14h06Por Folha

A Rede Record enviou comunicado à imprensa respondendo à nota enviada pela Rede Globo e publicada em formato de anúncio em jornais do país nesta quarta-feira.

No texto, a emissora paulista diz que o modelo anterior do contrato de televisionamento em TV "impôs aos clubes brasileiros o endividamento e a perda sucessiva de seus maiores talentos para outros países".

A Record diz ainda que mesmo que os clubes prefiram deixar o Clube dos 13 para negociar individualmente os contratos também participará do processo. Até o momento, clubes como Palmeiras, Santos, Corinthians, Vasco, Flamengo, Fluminense, Botafogo e Grêmio já disseram que não vão negociar seus direitos através do C13.

"Mas se os clubes desejarem uma negociação em separado, optando por outro modelo, a Record também pretende apresentar proposta, desde que as negociações sejam feitas seguindo padrões de transparência e regras claras. Ou seja, com a garantia de que a melhor proposta para a televisão aberta terá preferência", diz a nota.

A Record elogiou o C13 e citou o fato de a instituição ter feito um procedimento semelhante ao Comitê Olímpico Internacional (COI), lembrando justamente do fato de ter adquirido os direitos de transmissão em TV aberta dos Jogos Olímpicos de Londres-2012, tirando o domínio da Globo no evento.

"A proposta do Clube dos 13 rompe com as obscuras negociações que favoreciam o monopólio e descaracterizavam a concorrência, impondo aos clubes valores e limitações exigidas pelos eternos favorecidos", diz a nota da Record (leia abaixo a íntegra).

A LICITAÇÃO
A licitação para a transmissão dos jogos em TV aberta do Brasileiro de 2012 a 2014 está marcada para ocorrer no próximo dia 11, com valor mínimo de R$ 500 milhões por ano. A disputa está coberta de dúvidas, uma vez que diversos clubes ameaçam sair da entidade para negociar diretamente com as emissoras.

Na noite da última sexta, a TV Globo anunciou que não pretende participar da concorrência do C13.

Record e RedeTV! são as outras emissoras que se mostraram interessadas em comprar os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro entre 2012 e 2014. A edição de 2011 não sofre alterações e será transmitida por Globo e Band.

ANÚNCIO DA GLOBO
Nesta quarta, a Globo publicou um anúncio em que dizia ter recebido a carta convite para participar da concorrência pelos direitos de exibição do Brasileiro mas "com condições que não atendem aos nossos formatos".

Para a emissora carioca, tal alteração do C13 provoca uma "desestruturação de um projeto complexo, que foi construído ao longo dos últimos 13 anos". No anúncio, a Globo diz que "se sente impedida de participar da referida licitação, e manterá contato com os clubes para negociar a aquisição dos direitos".

LEIA ABAIXO A ÍNTEGRA DO COMUNICADO DA RECORD:
"A Rede Record vem a público expressar preocupação com as reações ao modelo de negociação proposto pelo Clube dos 13. O formato foi desenvolvido como consequência de um acordo entre o Clube dos 13 e o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). Pelo que foi acertado, cláusulas que caracterizavam o favorecimento a um monopólio e impediam a participação de outros concorrentes de forma democrática e transparente foram proibidas.

O modelo anterior impôs aos clubes brasileiros o endividamento e a perda sucessiva de seus maiores talentos para outros países. Alguns clubes brasileiros passam meses sem parceiros patrocinadores porque camisas, luvas, bonés e até placas publicitárias são evitadas ou encobertas nas transmissões esportivas. Ainda existem alguns clubes brasileiros que simplesmente são ignorados durante a temporada e passam semanas sem que seus jogos sejam transmitidos.

A carta convite enviada pelo Clube dos 13 contempla uma concorrência transparente, séria, com regras claras. O documento exige propostas entregues em envelopes fechados e pressupõe declarar vencedor aquele que fizer a melhor proposta financeira para todos os clubes. O modelo é semelhante ao estabelecido pelo Comitê Olímpico Internacional para a disputa de direitos dos Jogos Olímpicos. A Record detém os direitos de transmissão exclusivos dos Jogos Olímpicos de 2012, em Londres. Fez a melhor proposta e venceu. O mercado publicitário brasileiro - de forma ousada - correspondeu ao investimento da Rede Record e cobriu todos os custos de direitos e transmissão, além de gerar lucros. Parte do pacote olímpico já foi visto no Brasil com a premiada e pioneira cobertura esportiva dos Jogos de Inverno de 2010, de Vancouver, no Canadá. Prova inequívoca de que a Record quer inovar no esporte, tem apoio do mercado publicitário e retorno expressivo em audiência.

Este ano, em outubro, faremos o mesmo com os Jogos Panamericanos de Guadalajara.

A proposta do Clube dos 13 rompe com as obscuras negociações que favoreciam o monopólio e descaracterizavam a concorrência, impondo aos clubes valores e limitações exigidas pelos eternos favorecidos.

A Record reafirma o desejo de participar da concorrência do Clube dos 13, se os associados estiverem em acordo e unidos em busca de propostas que ofereçam alternativas para o torcedor brasileiro, melhorem arrecadações e ampliem a possibilidade de surgimento de novos patrocinadores.

Mas se os clubes desejarem uma negociação em separado, optando por outro modelo, a Record também pretende apresentar proposta, desde que as negociações sejam feitas seguindo padrões de transparência e regras claras. Ou seja, com a garantia de que a melhor proposta para a televisão aberta terá preferência.

Esta é a forma que a Record encontra para contribuir com a evolução e o desenvolvimento do futebol brasileiro, proporcionando ao torcedor acesso livre e gratuito ao esporte preferido da nação."

Deixe seu Comentário

Leia Também

GANGUE DO TIJOLO
Menores entre 13 e 17 anos formam bando e fazem 'arrastão'; veja vídeo
LUZ DO DIA
Empresário é executado com três tiros dentro de carro
SELFIE DA MORTE
Professora tenta tirar selfie e morre afogada ao cair no mar
tratamento precoce prefeito curitiba 100 TRATAMENTO
"Estão no Cemitério", diz prefeito de Curitiba sobre pessoas que usaram tratamento precoce Covid-19
A CASA CAIU
Mulher invade casa e flagra namorado fazendo sexo com outra; veja vídeo
LINHA DE FRENTE
'Ele lutou até o final', diz irmã de médico de 28 anos, após quase um mês morreu de Covid-19
SEU BOLSO
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro