Menu
SADER_FULL
domingo, 13 de junho de 2021
Busca
Brasil

Receita seleciona 700 analistas com salário de R$ 7,6 mil

20 Out 2009 - 17h36Por Uol
A Receita Federal abriu nesta segunda (19) inscrições para o concurso público com 700 vagas de analista tributário -- 35 postos são reservados para deficientes. O salário é de R$ 7.624,56. A última seleção tinha sido aberta em 2005: o nome do cargo era técnico da Receita, da carreira de auditoria.

O órgão já tem um concurso em andamento para auditor.

Para participar é preciso ter concluído curso superior, em nível de graduação, em qualquer área. Os candidatos aprovados no concurso terão lotação nas unidades centrais da Secretaria da Receita Federal do Brasil, em Brasília (DF), ou nas unidades descentralizadas, em todos os Estados. Segundo o edital, o candidato só conhecerá a distribuição das vagas no processo de matrícula no programa de formação -- os aprovados poderão fazer suas opções para o preenchimento das vagas; a ocupação obdecerá à ordem de classificação nas provas do concurso. A lotação não pode ser alterada por um período mínimo de três anos. No concurso de 2005, a classificação era nacional.

A inscrição tem de ser feita no site da Esaf (Escola de Administração Fazendária), organizadora do concurso, entre as 10h deste dia 19 de outubro e as 23h59 do dia 2 de novembro (horário de Brasília). A taxa é de R$ 100.

As primeiras provas serão aplicadas no dia 20 de dezembro, em todas as capitais. Serão duas avaliações objetivas: conhecimento gerais, com português, espanhol ou inglês, raciocínio lógico-quantitativo e direito constitucional e administrativo; e conhecimentos específicos, com direito tributário e previdenciário, contabilidade geral, direito internacional público e comércio internacional , administração financeira e orçamentária e administração geral.

Os 1.680 (destes, 84 entre os deficientes) mais bem colocados serão chamados para as provas discursivas (desenvolvimento de tema) -- que não faziam parte do concurso de 2005. Os temas dessa avaliação poderá ser sobre direito constitucional e administrativo, direito tributário e previdenciário, direito internacional público e comércio internacional e administração geral.

Entre as novas disciplinas, que não apareciam em nenhuma das duas áreas abertas em 2005 (tributária e aduaneira e tecnologia da informação, estão administração financeira e orçamentária, administração geral e direito internacional público.

Haverá ainda sindicância de vida pregressa, antes do programa de formação.

O professor Luiz Monteiro, do Pró-Concurso, em entrevista ao jornal "Agora", sugere organização para os estudos. "Como as provas têm um conjunto grande de assuntos, o candidato pode ficar disperso e sem foco. Uma dica é criar um painel para cada uma das matérias, que poderá funcionar como um roteiro para os estudos", diz. O docente sugere ainda a criação de um glossário da matéria e dos principais termos usados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal
biden vacinas capa 696x487 SOLIDARIEDADE
Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
PROTESTOS PELO BRASIL
29M pelo fora Bolsonaro chegou a mais de 200 cidades e ganhou as redes sociais
ATENTADO AO PUDOR
Prostitutas exibem partes íntimas no meio da rua, moradores reclamam, Vídeos
NA BRONCA
Bolsonaro aciona STF contra decretos estaduais que impõem restrições para conter Covid-19
BARBÁRIE
Homem encontra partes do corpo do filho em rio
FENÔMENO RARO
Super Lua de Sangue e Eclipse total acontece nesta quarta