Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 20 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Reajuste do funcionalismo estadual varia de 5% a 11,77%

24 Mar 2010 - 14h01Por Campo Grande News
Os 16 projetos de reajuste do funcionalismo público estadual começaram a tramitar hoje na Assembléia Legislativa. O aumento salarial dos servidores vai variar entre 5% e 11,77%, conforme tabela encaminhada aos deputados pela secretaria de Administração.

O impacto mensal na folha de pagamento com o reajuste concedido será de pelo menos R$ 8 milhões, informou nesta manhã o líder do governo na Casa, Youssif Domingos (PMDB).

Ele argumenta que todas as categorias tiveram aumento acima da inflação e algumas terão distorções corrigidas.

As categorias que já possuíam o direito ao abono tiveram o benefício incorporado ao salário. Devido a este complemento, acrescido do reajuste básico de 5%, alguns servidores administrativos receberam aumento salarial que varia de 6% a 7%.

A categoria com reajuste mais alto foi de perito oficial forense, 11,77%. Segundo o líder do governo, a justificativa é que algumas distorções salariais antigas necessitavam de correção, por isso a diferença de 6,77% em relação à maioria das categorias.

Os profissionais que possuem os maiores salários – delegados e grupo TAF (Tributação, Arrecadação e Fiscalização), por exemplo – tiveram o reajuste limitado a 5%.

A Polícia Militar teve um reajuste diferenciado, devido ao plano de aumento salarial anteriormente acordado, com programação prevista até 2014.

O governador conversou com a categoria e antecipou o acordo em um ano. Assim, o reajuste que eles receberiam de 4,5% até 2014, será concedido até 2013. Este ano, com o acumulado, o aumento salarial ficará em torno de 9%.

Youssif esclareceu que quase todas as categorias foram ouvidas pelo governador antes que os projetos fossem encaminhados à Assembléia Legislativa.

O líder do governo explicou que não foi possível conceder aumento salarial maior principalmente devido a um problema sério enfrentado pelo Estado, que são os adicionais de função.

“Esse índice do adicional varia de 12% a 290%, é uma disparidade, desta forma não é possível atender todo mundo”, detalhou.

Todas as propostas devem ser votadas até o dia 31 de março, data limite fixada pela legislação eleitoral.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA TV
Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos, vítima de câncer
EM DECLINIO
Covid-19: Brasil registra 21,2 milhões de casos e 590,7 mil mortes
TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões