Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 14 de maio de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Ramez critica desvio de R$ 3,8 milhões da saúde de MS

14 Set 2004 - 17h57
O senador sul-mato-grossense Ramez Tebet (PMDB) criticou hoje o corte de R$ 3,8 milhões do orçamento da União aprovados para o setor da saúde em Mato Groso do Sul. O peemedebista disse que foi surpreendido com a informação de que os recursos foram direcionados para outras unidades da federação.
O parlamentar afirmou que os integrantes da bancada se comprometeram a destinar R$ 750 milhões, cada um, para a área da saúde no Estado. As emendas apresentadas, no entanto, foram contingenciadas na execução do orçamento, para reforçar o superávit fiscal.
Ramez destacou a crise em que passa o setor no Estado: “A situação do setor de saúde em Mato Grosso do Sul é precária, em especial as dificuldades no atendimento na Santa Casa de Campo Grande e no Hospital Regional, que estão atendendo pacientes do interior do Estado e até dos paises vizinhos - Paraguai e Bolívia-“. Com isso, ele disse que os parlamentares não estão conseguindo retirar os recursos provenientes de emendas individuais e de emendas da bancada.
 
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada