Menu
SADER_FULL
sábado, 15 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
fronteira

Quatro pessoas são mortas a tiros e pauladas em Capitan Bado

Quatro pessoas de nacionalidade paraguaia foram encontrados mortos

10 Set 2013 - 11h25Por Dourados News

Quatro pessoas de nacionalidade paraguaia foram encontrados mortos, no final da tarde de sábado (7), dentro de um barraco em Ponte Curê, a cerca de 50 quilômetros de Capitan Bado, cidade paraguaia que faz fronteira com Coronel Sapucaia no Brasil.

De acordo com as informações do A Gazeta News, as vítimas foram mortas a tiros e possivelmente a golpes de pauladas.

Ainda conforme o site, os corpos foram encontrados em um barraco situado nas proximidades de uma aldeia indígena, onde as vítimas estavam alojadas para trabalhar na lavoura.

Morreram Alupio Gonçalves, seu filho, Victor Gonçalves, Natalidade Casco e Olídio Machado.

Um quinto homem, que seria de origem indígena, que estava alojado com o quarteto morto no barraco, desapareceu e segundo as informações, não está descartada a hipótese que seja ele o autor da chacina.

Os quatro paraguaios seriam residentes na colônia Aguara-Vevê, em Capitan Bado, mas teriam familiares na região da Vila Nova, em Coronel Sapucaia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Anitta posta foto pelada e recebe comentário até de Miley Cirus
DOURADOS - UNIGRAN
Acadêmico de Fisioterapia da UNIGRAN tem trabalho publicado em revista de âmbito internacional
IRREGULARIDADES
Prefeitura contrata funerária para transportar pacientes vivos em MT
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Dono de Padaria de 78 anos estupra filha de funcionária de seu estabelecimento
HB20 SEDAN
Conheça mais o HB20 Sedan
BORA PRA BONITO - MS
Alguns passeios fantásticos para você fazer em Bonito (MS)! E dicas legais
100 RISCO
OMS minimiza risco de novo coronavírus entrar na cadeia alimentar
HORÓSCOPO DO DIA
HORÓSCOPO DO DIA: Veja a previsão de hoje 14/08/2020 para o seu signo
CARA DE PAU
Cliente põe o próprio cabelo em lanche e tenta não pagar. VEJA O VÍDEO
VIOLENCIA DOMESTICA
Veterinária é agredida por ex-namorado médico e diz que tem medo de dormir em casa