Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 8 de março de 2021
SADER_FULL
Busca
fronteira

Quatro pessoas são mortas a tiros e pauladas em Capitan Bado

Quatro pessoas de nacionalidade paraguaia foram encontrados mortos

10 Set 2013 - 11h25Por Dourados News

Quatro pessoas de nacionalidade paraguaia foram encontrados mortos, no final da tarde de sábado (7), dentro de um barraco em Ponte Curê, a cerca de 50 quilômetros de Capitan Bado, cidade paraguaia que faz fronteira com Coronel Sapucaia no Brasil.

De acordo com as informações do A Gazeta News, as vítimas foram mortas a tiros e possivelmente a golpes de pauladas.

Ainda conforme o site, os corpos foram encontrados em um barraco situado nas proximidades de uma aldeia indígena, onde as vítimas estavam alojadas para trabalhar na lavoura.

Morreram Alupio Gonçalves, seu filho, Victor Gonçalves, Natalidade Casco e Olídio Machado.

Um quinto homem, que seria de origem indígena, que estava alojado com o quarteto morto no barraco, desapareceu e segundo as informações, não está descartada a hipótese que seja ele o autor da chacina.

Os quatro paraguaios seriam residentes na colônia Aguara-Vevê, em Capitan Bado, mas teriam familiares na região da Vila Nova, em Coronel Sapucaia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 UTI = OBITO
Ministério da Saúde prevê 3 mil mortes por dia por covid-19 nas próximas duas semanas
TRISTEZA NA FAMILIA
'Não tem UTI,amo vcs':a história por trás do tuíte viral que revela mensagens de mãe morta por covid
DISPARO ACIDENTAL
Assessor em fazenda do cantor Leonardo morre vitima de tiro acidental
VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento