Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 16 de maio de 2021
Busca
Brasil

PT e PSDB buscam reaglutinar forças para embate do 2º turno no MS

6 Out 2010 - 14h58Por Diário MS

Em Mato Grosso do Sul o PT e PSDB, partidos de Dilma Rousseff e José Serra, começaram a definir a estratégia de campanha para o segundo turno.

Os tucanos buscam reaglutinar as forças da coligação que reelegeu o governador André Puccinelli (PMDB) para reforçar a campanha de Serra. No primeiro turno o ex-governador paulista venceu a candidata do PT. Uma das estratégias do PSDB é manter o Bloco Democrático Reformista (BDR) coeso na campanha.

No PT os grupos liderados pelo ex-governador Zeca do PT e o senador Delcídio Amaral também vão reforçar a mobilização da militância em torno da campanha de Dilma. Tanto o PT quanto o PSDB tem expectativa de apoio de Marina Silva. A posição dela deverá ser tomada nos próximos 10 dias.

Terça-feira em Brasília, o senador Delcídio participou de reunião com o presidente Lula e anunciou que vai manter ativo seu comitê e vai se empenhar na mobilização do PT e seus aliados no Estado. “Vamos colocar toda nossa estrutura na campanha da Dilma”.


A cúpula estadual do PSDB também se reuniu nos estados. Em Mato Grosso do Sul o partido avaliou como positivo o desempenho do candidato José Serra no 1º turno. A reunião, conduzida pelo presidente regional e deputado federal eleito Reinaldo Azambuja teve a presença de Athayde Nery, do PPS, partido que ao lado do DEM integra o BDR.


Na avaliação das lideranças políticas, a votação de domingo zerou a disputa. Agora é uma nova etapa de campanha. Enquanto o PV não se define, o que deve acontecer nos próximos 10 dias, os partidos vão trabalhar na reaglutinação das forças que muitas vezes acabam se dispersando quando a eleição é levada para um segundo turno.


De acordo com o presidente regional do PSDB, Reinaldo Azambuja, os tucanos não podem escolher aliados. “Vamos buscar apoio de todos, independentemente de coloração partidária”, diz. Já o senador Delcídio Amaral aconselha humildade e trabalho, considerando que Dilma e Serra estão diante de uma nova disputa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada