Menu
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
domingo, 18 de abril de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

PSDB também ameaça obstruir votações da semana na Câmara

24 Ago 2004 - 13h35
A Bancada do PSDB ameaça não votar nenhuma matéria durante o esforço concentrado do Congresso Nacional. A obstrução é uma resposta à decisão do PT de entrar com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE). O PT quer que o senador explique a suposta declaração que teria feito sobre o atual tesoureiro do partido, Delúbio Soares, e que chegou a ser publicada em jornais de grande circulação. O senador teria dito que, se o projeto que cria as Parcerias Público-Privadas (PPP) não fosse alterado, o tesoureiro do PT iria "deitar e rolar".

Apoio para obstruir
O PFL também promete obstruir as votações, mas por outros motivos. Segundo o vice-líder do partido, deputado Pauderney Avelino (AM), a bancada vai entrar em obstrução em protesto contra a aprovação da Medida Provisória 190/04, que permitiu o adiamento da prestação da dívida de prefeituras de grandes capitais.
 
 
 
Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDEO CAPIVARA NA IGREJA
Capivara invade igreja: 'acho que ela veio rezar conosco', brinca Padre
BEBEDEIRA
Idoso conhece mulher, leva para casa é atacado a facadas
ROUBO DE CARGA
Três mil pessoas roubam carga de carne após carreta tombar e provocam novo acidente
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa credita 1ª parcela do Auxílio Emergencial nesta quinta para nascidos em maio
mulher carro beltrao 1 VIDEO
Mulher cai e fica ferida após ser flagrada em cima de carro em movimento
DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições