Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 20 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

PSDB e DEM vão discutir novo nome para vice de Serra

30 Jun 2010 - 13h10Por Folha Online

O presidente nacional do DEM, Rodrigo Maia (RJ), e o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), embarcam de Brasília para São Paulo na tarde desta quarta-feira para encontro com o candidato tucano à Presidência, José Serra. Eles vão discutir um novo nome para vice na chapa tucana.

Uma crise eclodiu entre os dois partidos depois que os tucanos escolheram o senador Alvaro Dias (PSDB-PR) para a vaga, em detrimento de um democrata.

O encontro em São Paulo é mais uma demonstração que Dias está praticamente fora do posto. Ele, inclusive, já teria sido comunicado que dificilmente será mantido como vice de Serra.

O DEM deu uma pausa em sua convenção nacional, em Brasília, para resolver o impasse. Serra sinalizou que aceitava recuar e trocar seu candidato a vice. Até então, o ex-governador paulista resistia à mudança, enquanto os democratas insistiam que precisavam de uma justificativa interna para manter a aliança com o PSDB --o que passava pela retirada da indicação do tucano.

A senha para a retirada do nome de Alvaro Dias seria o anúncio de que seu irmão, Osmar Dias (PDT), lançará hoje sua candidatura ao governo do Paraná, dando palanque no Estado à candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff (PT).

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Luan Santana e Jade Magalhães terminam noivado de 12 anos
CORONAVIRUS NOS ANIMAIS
Gato é o primeiro animal no Brasil que testa positivo para o Coronavirus
ABSURDO
Enfermeiros, fisioterapeuta e médico são afastados após denúncia de estupro na UTI
BRASIL - 153.905 MORTES
Brasil registra 10,9 mil novos casos de covid-19 em 24 horas
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa paga hoje auxílio emergencial de R$ 300 a 1,6 milhão do Bolsa Família
BRASILEIRÃO
Com possível 'adeus' de Soteldo, Santos vence o Coritiba fora de casa
HORÁRIO DE VERÃO
HORÁRIO DE VERÃO: Brasil não terá horário de verão pelo segundo ano consecutivo
GOVERNO NA CONTRA-MÃO
Bolsonaro: Vacina contra a covid-19 não será obrigatória
BRASIL -152.460 MORTES
Covid-19: Brasil tem 713 óbitos e 28.523 novos casos em 24h
INSS - BLOQUEIO
INSS prorroga interrupção de bloqueio de benefícios