Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 15 de agosto de 2022
BANNER IMPRESSORAS
Busca
Brasil

Projetos ambientais de MS são contemplados pela Petrobras

4 Nov 2010 - 15h32Por Conjuntura Online

Dois projetos de Mato Grosso do Sul foram selecionados pelo Programa Petrobras Ambiental e irão receber recursos para o desenvolvimento de ações de conservação e recuperação de matas nas áreas rurais. Na semana passada e Companhia anunciou que entre os 928 inscritos na Seleção Pública 2010, 44 foram escolhidos e dois são do Estado. No total, serão R$ 78,2 milhões destinados a iniciativas em todo o País.

Foram selecionados o projeto “Ilhas Verdes”, do (IASB Instituto das Águas da Serra da Bodoquena) e o projeto “BRPPN: Gerando Serviços Ambientais”, da Associação de Proprietários de Repams  (Reservas Particulares de Mato Grosso do Sul). Os projetos irão atuar com recuperação de áreas degradadas e conservação de florestas e áreas naturais, respectivamente.

Com atuação desde 2003, a Repams trabalha a fixação de carbono e o controle de emissões em áreas de preservação ambiental. O Estado tem hoje 37 áreas de conservação e o projeto irá atender sete, que foram escolhidas por já terem um plano de manejo. A coordenadora do projeto, Cyntia Cavalcante Santos, informa que o objetivo é apoiar o produtor rural que conserva uma parte de sua área, principalmente porque há dificuldade e altos custos para a manutenção dessas áreas. “Nosso lema diz que quem conserva merece apoio e se apoiarmos agora, esse será o primeiro passo para trabalharmos outras áreas”, sustenta.

O outro projeto selecionado, o Ilhas Verdes, irá atuar com recuperação de áreas degradadas visando a redução de custos dessa recuperação em até 50%. O trabalho será concentrado em seis hectares da Bacia do Rio Mimoso, em Bonito. De acordo com a coordenadora do projeto, Liliane Lacerda, é importante mostrar as possibilidades através de ações piloto. “Quando atuamos em uma propriedade ela passa a ser modelo para as outras, e assim, a busca por preservação do ambiente vai sendo transmitida a todos da região beneficiada”, destaca.

Os dois projetos irão trabalhar também com a educação ambiental para a população dos arredores das áreas contempladas. O objetivo é conquistar o apoio dos moradores das proximidades tanto para o que já estará sendo feito como para que a degradação não venha a acontecer novamente. Tanto Cyntia quanto Liliane afirmam que sem ajuda, os produtores rurais que detém essas áreas de conservação encontram dificuldades para realizar todos os procedimentos corretamente. “Agora é trabalhar e aproveitar bem o recurso conquistado”, finaliza Liliane.

PPA
 
 Desde que foi criado, em 2003, o Programa Petrobras Ambiental já patrocinou centenas de projetos, tendo alcançado dezenas de bacias e ecossistemas em cinco biomas brasileiros: Amazônia, Mata Atlântica, Caatinga, Cerrado e Pantanal. Suas ações já envolveram diretamente 3,6 milhões de pessoas, além de mais de 820 parcerias, 240 publicações, 4.354 cursos e palestras e o estudo de mais de cinco mil espécies nativas.

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Motociclista de 27 anos bate na traseira de trator e morre em vicinal
TRAGEDIA NA RODOVIA
Sete pessoas morrem e três ficam feridas em acidente entre caminhão e van
AUXILIO POPULAÇÃO
Governo libera empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil
TRAGÉDIA
Carro explode durante abastecimento e amputa pernas de frentista
NOITE DE TERROR
Moradores relatam medo vivido em confronto com oito mortos
ACIDENTE DE TRABALHO FATAL
Trabalhador morre soterrado ao fazer limpeza em silo de grãos
AGRESSÃO NA ESCOLA
Mulher invade escola e espanca aluna a pauladas
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil ultrapassa o número de 680 mil mortos pela doença
AUXÍLIO BRASIL AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio Brasil de R$ 600 e vale-gás saem hoje para mais um grupo
BRASIL + POBRE
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas