Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 23 de abril de 2021
Busca
Brasil

Projeto proíbe venda de energético em posto de gasolina

2 Jul 2004 - 17h47
A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio está analisando o Projeto de Lei 3541/04, do deputado Joaquim Francisco (PTB-PE), que proíbe a venda de bebidas energéticas em lojas de conveniência de postos de gasolina. Os energéticos contêm em sua fórmula ingredientes como cafeína, taurina, inositol e glucoronolactona que são estimulantes.

Redução de acidentes
O deputado explica que essas bebidas são consumidas por jovens e pessoas que querem afastar a sensação de cansaço e de sono. Atualmente, há no mercado diversas marcas de bebidas energéticas e o consumo desses produtos mostra tendência ao crescimento, fenômeno que tem despertado a preocupação de nutricionistas e de outros profissionais da saúde envolvidos com alimentação. "Medidas como as que estamos propondo podem contribuir para minimizar os riscos de acidentes de trânsito, ao dificultar o acesso e o consumo de substâncias estimulantes por parte dos motoristas", argumenta o autor.
 
Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA EM CACHOEIRA
Mãe e filha morrem vítima de tromba d'gua em cachoeira; cunhado também morreu
ASSÉDIO À MENOR
Pastor é investigado após ser filmado beijando e oferecendo dinheiro a adolescente de 14 anos
UTRAPASSAGEM FATAL
Tio e sobrinho morrem "esmagados" por caminhão em rodovia
FATALIDADE
Bebê morre eletrocutado após morder fio de carregador de celular
AJUDA DO GPS
Após ficar 30h desaparecida, médica é encontrada em ribanceira com ajuda de GPS de celular
REVOLTANTE
A intérprete que descobriu na aula de Libras que pastor abusava de adolescente
BRASIL - 381.687 MORTES
Brasil passa de 380 mil mortes por Covid; mais de 3 mil delas foram registradas nas últimas 24 horas
BRUTALIDADE
Adolescente queimado por negar sexo com homens morre em hospital
VACINA RUSSA
Governador diz que consórcio vai adquirir 28 milhões da vacina Sputnik V
LUTO NA SAÚDE
Dias após perder os pais, médica de 36 anos morre de Covid-19