Menu
SADER_FULL
domingo, 12 de julho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Projeto do coselho está aberto a mudanças, diz Fenaj

21 Ago 2004 - 10h22
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva só irá retirar do Congresso Nacional o projeto que cria o Conselho Federal de Jornalismo se houver uma solicitação explícita da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), afirma o presidente da entidade, Sérgio Murillo. Segundo Murillo, a Fenaj foi informada oficialmente da decisão do presidente Lula na semana passada, pelo secretário de Imprensa da Presidência, Ricardo Kotscho. A federação, porém, garante que não vai pedir que o projeto seja retirado do Congresso. “Não faz sentido, depois dessa luta, pedir que o projeto saia da Câmara. Seria um retrocesso de 20 anos”, enfatizou Murillo.

A Fenaj garantiu estar disposta a incorporar as mudanças ao projeto sugeridas durante os debates no Congresso Nacional. “Se fosse uma decisão arbitrária, nós teríamos pedido para o presidente baixar uma lei por meio de decreto ou Medida Provisória. Censura é não fazer o debate”, criticou. Sergio Murillo disse que a Fenaj está procurando líderes do governo e da oposição no Congresso para garantir a tramitação do projeto.

Segundo ele, a idéia da Federação é apresentar a versão do Conselho que não vem sendo discutida “de forma clara” pela mídia. “Eu tenho que tentar sensibilizar os líderes a favor do projeto. Se eles acharem que é importante alterar algum ponto, nós alteramos, não tem problema”, disse.

O projeto que cria o Conselho Federal de Jornalismo foi enviado pelo governo ao Congresso Nacional no dia 05 de agosto. Enquanto os sindicatos e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) saem em defesa do texto, as entidades que representam as empresas jornalísticas e parte da própria categoria criticam a criação do Conselho.
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA CORONAVIRUS
Filho de ex-jogador famoso vende geleias e não vê o pai há nove anos
SOB INVESTIGAÇÃO
Maria Aldenir lutou com assassino, mas viu a filha ser morta com 24 facadas
AVANÇO DA PANDEMIA
Mais 903 casos e 33 mortes por coronavírus foram registrados em 24h em MT
BRASIL - 71.515 MORTES
Brasil tem 1.842.127 casos de Covid-19, aponta consórcio de veículos da imprensa em boletim das 8h
MAIS UM
Vírus com potencial pandêmico é detectado pela Fiocruz no Paraná
VÍTIMAS DE COVID-19
Mãe de médico morre horas após o filho e dois dias após o pai, vítimas da covid
VÍTIMA DE COVID-19
Covid tira de cena um dos últimos montadores do carro brasileiro
CD TRIBUTO AO PADRE ZEZINHO
No ano em Padre Zezinho faz 79 anos, Manoel Caires lança seu primeiro CD 'Tributo ao Padre Zezinho'
PAGAMENTO DO AUXILIO
Confira o calendário para saque em dinheiro do auxílio emergencial
AUXILIO EMERGENCIAL
Governo vai liberar mais 1,5 milhão de auxílios. Saiba como reclamar se o seu for negado