Menu
SADER_FULL
sábado, 30 de maio de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Projeto de valorização ao magistério é aprovado em Jateí

11 Abr 2007 - 15h42

A Câmara Municipal de Jateí aprovou na noite desta segunda-feira (09), em Sessão Ordinária da Casa de Leis, por unanimidade em 1º e 2º turno, o Projeto de Lei Complementar N° 002/07 de 14 de março de 2007 , de autoria do Executivo Municipal. Projeto este que “Institui o Plano de Carreira, Remuneração e Valorização do Magistério Público Municipal e Modifica o Estatuto do Magistério e dá outras providências”. Este Projeto tem como princípios básicos a qualificação, a dedicação e a valorização dos profissionais em educação, estimulando a produtividade e melhorando o padrão de qualidade de ensino.

 

Os vereadores aprovaram também por unanimidade outro  Projeto de Lei  Complementar  Nº 003/07 de 02 de Abril de 2007, de autoria do Executivo Municipal em Regime de Urgência Especial. Projeto este que “ Dispõe sobre o Plano de Cargos e Remuneração dos Servidores da Prefeitura Municipal de Jateí/MS e dá outras providências”. Os Nobres Edis observando que os planos de cargos e remuneração dos Servidores deverá estar dentro do Regime Estatutário, pois tem por objetivo fundamental a valorização e profissionalização do servidor público  para a eficiência e continuidade da ação administrativa.

 

Os Projetos foram aprovados pelos nove vereadores da Casa de Leis, que são eles: Carlos Alberto Jorge Leite “Beto” (PFL), presidente, José Rosendo Duarte (PT), vice-presidente; Fátima Albertina Jorge da Costa (PL), primeiro-secretário; Erculano José da Silva (PL), segundo-secretário, Francisco Alves de Araújo (PPS), Denílson de Melo Ramos (PL), João Batista Gonçalves (PL), Jeovani Vieira dos Santos (PL) e Manoel Pinheiro de Andrade (PMDB).

 

A sessão contou ainda com as reivindicações dos vereadores Francisco Alves de Araújo (PPS), onde solicitou que seja enviado oficio ao Senhor Diretor Presidente da Enersul, ao Diretor Presidente da Aneel, bem como ao Governador do Estado Senhor André Puccinelli, ao Presidente da Assembléia Legislativa Deputado Jerson Domingos, ao Deputado Federal Geraldo Resendes líder da bancada federal de Mato Grosso do Sul, apoiando a classe política nesse movimento contra o alto reajuste abusivo previsto que de acordo com a vontade da Enersul que é de 21%. Tendo em vista que o nosso estado já paga a maior taxa de energia publica do país e a 6ª maior do mundo. E do vereador José Rosendo Duarte (PT), onde solicitou que seja enviado oficio as empresas de Energia Elétrica, cobrando os Calendários Rurais que são distribuídos anualmente para que os proprietários possam estar tirando suas leituras, e assim poder obter um controle de seus gastos com energia.

 

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

AUXÍLIO EMERGENCIAL
Mães menores de idade podem pedir auxílio emergencial, veja como
BONITO - MS - RESERVAS ANTECIPADAS
Em Bonito (MS), mergulho com cilindro no Rio Formoso, reserva antecipada até 50% de desconto, VEJA
600TÃO NA CONTA
Aniversariantes de janeiro podem transferir e sacar 2ª parcela dos R$ 600 neste sábado
FRIO, AR SECO E COVID-19
Frio, ar seco e covid-19, 'vassourinhas' do sistema respiratório ficam preguiçosas com o frio
ESCALADA DE ENTERROS
Brasil aproxima de 26 mil mortes por covid 19
ESTUPRO
Homem é preso em flagrante tentando estuprar mulher desacordada
AUXILIO EMERGENCIAL
A 2ª parcela do auxílio de R$ 600 foi cancelada? Saiba como resolver o problema
CORONAVIRUS NO BRASIL
Covid-19: Brasil passa dos 400 mil casos confirmados e 25 mil mortes
MORTES CONTINUAM
Brasil é o 2º país no mundo com infectados com o coronavirus
FRAUDE
URGENTE! 160 mil possíveis FRAUDES no auxílio emergencial de R$600