Menu
SADER_FULL
segunda, 17 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

Projeto de Paulo Duarte combate exploração sexual em MS

27 Out 2009 - 13h36Por Diário MS
Projeto de Lei de autoria do deputado estadual Paulo Duarte (PT), apresentado na sessão desta terça-feira (27/10) na Assembleia Legislativa, pretende combater o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes em Mato Grosso do Sul. O projeto prevê o combate à exploração sexual por pessoas jurídicas titulares de benefícios ou incentivos fiscais.

De acordo com o projeto, as empresas que recebem incentivos fiscais do governo do Estado e que possuem um número de empregados superior a 100, trabalhando direta ou indiretamente, devem capacitar seus funcionários, periodicamente, para que sejam capazes de identificar o crime de exploração sexual de crianças e adolescentes, além de informá-los sobre os mecanismos de denúncia no município ou região em que se encontram. A lei se aplica também a empresas que recebem Incentivo Especial à Interiorização dos Empreendimentos Econômicos Produtivos e de Benefícios Adicionais ou Especiais, previstos nos artigos 13 e 14 da Lei Complementar nº 93, de 5 de novembro de 2001.

A capacitação dos funcionários deverá ser realizada semestralmente ou a cada vez que o quadro de pessoal da empresa aumentar, em pelo menos, 25 novos empregados, prevalecendo o que ocorrer primeiro. Para ministrar a capacitação, as empresas deverão convidar representantes do Conselho Tutelar do município e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. A fiscalização do cumprimento da lei deverá ser realizada anualmente por servidores técnicos da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social.

Segundo Duarte, no Estado, como é amplamente divulgado pelos meios de comunicação, os casos de exploração sexual infantil ocorrem, em sua grande maioria, nos municípios com forte atividade turística, nas regiões onde existem destilarias de álcool e plantações de cana-de-açúcar e em grandes canteiros de obras, e que parte considerável das grandes empresas que se enquadram nesse perfil é titular de benefícios ou incentivos fiscais. “Por esse motivo o Poder Público deve estabelecer políticas de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes, que envolvam essas empresas e seus empregados”, disse o parlamentar.

O projeto prevê ainda que, as empresas deverão afixar em locais visíveis de suas dependências e alojamentos o número do telefone do “disque denúncia” de exploração de crianças e adolescentes. A empresa que descumprir a lei terá seu benefício ou incentivo suspenso ou cancelado.

Leia Também

COVID NO BRASIL
Em 24 horas, foram confirmados pelas autoridades sanitárias 24.934 novos casos de Covid-19
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Jovem morre após ser atingido por avião agrícola pilotado pelo pai
TEMPORAL - VIDEO
Forte chuva derruba árvores e deixa 23 mil pessoas sem energia
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, as autoridades de saúde notificaram 175 novos óbitos, totalizando 620.971
TRAGÉDIA
Deslizamento de terra destroi casarão histórico em Ouro Preto MG
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai, mãe e três filhas morrem em capotamento de caminhão
BIG BROTHER
Saiba quem foram os ex-BBBs que já morreram; 3 estiveram no BBB9
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem 87,4 mil casos e 133 mortes em 24 horas
HOMICIDIO EM SÉRIES
Bandido que comia olhos, orelhas e bebia sangue de vítimas é preso
COVID NO BRASIL
Brasil tem em 24 horas, mais 70.765 novos casos de covid-19