Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 8 de agosto de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Projeto cria Semana em Defesa dos Direitos dos Deficientes

30 Mai 2007 - 09h52

O Projeto de Lei de autoria do vereador Edmar Neto (PSDB), que institui na Capital a Semana da Mobilização em Defesa dos Direitos dos Portadores de Deficiência, deverá ser votado hoje (30) na Câmara da Capital.

De acordo com o projeto, a semana será comemorada anualmente na primeira semana de agosto e fará parte de um conjunto de ações do Poder Público e da sociedade civil organizada para a compreensão, apoio, educação, saúde, qualidade de vida, trabalho e combate ao preconceito referente aos portadores de deficiências físicos, mentais, visuais, auditivos, aos familiares dos portadores e aos educadores e profissionais da área de saúde.

O vereador lembra que a criação da Semana do Deficiente resulta do fato de não existir nenhuma atividade onde os mesmos possam interagir entre eles, trocando informações e aprendizados, por exemplo. “A parceira entre o poder público e entidades ligadas à área, visa resguardar e buscar todos os direitos dos deficientes", ressalta o vereador.

Com assessoria

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE NO MS
JBS oferece 600 vagas de emprego em 6 cidades de MS
VACINA COVID 19
Bolsonaro diz que vacina contra covid deverá estar disponível em dezembro
FALSIFICAÇÃO
Nota falsa de R$ 200 começa a circular
REABERTURA DO COMÉRCIO
Brasil e Paraguai podem reabrir comércio na fronteira em 10 dias, diz ministro
REINFECÇÃO EM ALERTA
Novo coronavírus tem segundas novas ondas de reinfecção e acendem sinal de alerta
FÁTIMA DO SUL - DICA CIA DO BICHO
Saiba o que são rações terapêuticas, Cia do Bicho destaca vários tipos, confira
BRASIL - 96.326 MORTES
Brasil tem 2.817.473 casos de Covid-19, indica consórcio de veículos da imprensa em boletim das 13h
EXPLOSÃO EM BEIRUTE
Libanês se emociona e diz: Parecia uma bomba atômica, que acabou com tudo
BORA PRA BONITO - MS
Crie laços com a natureza em Bonito, MS!
LUTO NO CIRCO
Palhaço mais velho do Brasil morre aos 77 anos vítima de coronavírus