Menu
SADER_FULL
quinta, 21 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Programa forma profissionais da saúde para atuarem em MS

5 Dez 2006 - 17h19

Um projeto piloto no País forma nesta sexta-feira (8), em Mato Grosso do Sul, a primeira turma do Programa “BrT – Criança, Família e Comunidade Saudável”. Durante cinco meses, 42 médicos, odontólogos, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais, de dez municípios do Estado (Campo Grande, Três Lagoas, Aquidauana, Coxim, Jardim, Fátima do Sul, Nova Andradina, Corumbá, Dourados e Ponta Porã) participaram de aulas para desenvolver uma visão integral da saúde, atendendo prioritariamente crianças. A formatura será a partir das 17 horas, no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública), na Avenida Senador Filinto Müller, 1666 – Bairro Ipiranga.

As aulas começaram em julho desse ano e o programa foi desenvolvido pelo Instituto da Família junto com a Brasil Telecom, Governo do Estado de Mato Grosso do Sul e prefeituras. O método prevê que o diagnóstico e tratamento das enfermidades não sejam pautados apenas nos sintomas aparentes, mas considerem também o conjunto formado pela família e pelo meio social dos pacientes. As secretarias de saúde do município e também do Estado são parceiras do programa no Estado.

Além de trabalhar na melhoria dos índices de saúde, o programa fornecerá pesquisas ligadas às incidências de sintomas e sinais físicos e psíquicos decorrentes dos vínculos familiares, resultantes dos atendimentos e encaminhamentos realizados que permitirão elaborar trabalhos de acompanhamento junto à comunidade.

Levantamentos do Ministério da Saúde apontam que 80% de transtornos psico-emocionais de crianças e adolescentes ficam sem tratamento. Isso significa que a falta de atenção à primeira infância contribui para o aparecimento de patologias.

O Projeto durou cinco meses, com aulas on-line, sendo uma por mês presencial para esclarecimentos de dúvidas. Agora, os agentes de saúde têm a responsabilidade de transmitir o conhecimento adquirido. Eles serão chamados de multiplicadores, e desta forma vão auxiliar no fortalecimento do SUS (Sistema Único de Saúde).

Criado a partir do sonho do médico pediatra Leonardo Posternak, o programa pode ser colocado em prática após 30 anos de trabalho e dedicação, graças ao apoio de empresas que acreditaram na idéia, de que o atendimento a criança deva ser realizado de forma integrada com a família.

 
 
 
Mídia Max

Leia Também

VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro
AUXILIO EMERGENCIAL
Presidente está de acordo a prorrogação do auxílio emergencial
TRAGICO ACIDENTE
Menino de 9 anos morre enforcado com corda de balanço