Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 18 de junho de 2021
Busca
Brasil

Professores de MS vão aderir à paralisação no dia 16

3 Mar 2010 - 09h29Por Diário MS
Professores da rede pública de todo país, inclusive de Mato Grosso do Sul, vão cruzar os braços no próximo dia 16, uma terça-feira.

Na data, os educadores voltam a discutir a implantação do Piso Nacional do Magistério, definido por uma lei nacional do dia 16 de julho de 2008.

De acordo com a legislação, os professores não poderiam ganhar menos de R$ 950, para uma jornada de 40 horas semanais – com 1/3 da carga horária destinada ao planejamento das aulas.

Não é o que acontece em Mato Grosso do Sul, onde metade dos municípios ainda não implantou o projeto, de acordo com o deputado Pedro Kemp (PT), que é educador.

No Estado, os professores participam de uma audiência pública, no dia 16, às 13h30, no plenário Júlio Maia, da Assembleia Legislativa. A audiência foi proposta por Kemp.

“A efetivação do Piso Salarial Nacional do Magistério é um requisito essencial para pôr fim às históricas omissões e aos descasos causadores de desigualdades educacionais, sociais e econômicas em nosso país”, diz o deputado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade
MUI AMIGO
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia
DOENÇA DO SÉCULO
Homem de 33 anos deixa carta de despedida e tenta pular de ponte
ABSURDO
Família registra boletim de ocorrência após vitima de covid ser sepultado em cemitério errado
ANTECIPAÇÃO
Governo antecipa pagamento de parcelas do auxílio emergencial