Menu
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
terça, 13 de abril de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Professora ganha prêmio com um projeto cultural

14 Out 2004 - 07h46
Transformar a leitura e a escrita em momentos prazerosos para os alunos por meio de cartas. A partir dessa idéia, nasceu o projeto Intercâmbio cultural educando sem fronteiras, da professora Ana de Fátima Nunes, da Escola Municipal “General Nelson Custódio de Oliveira”, de Três Lagoas. A professora é uma das 20 ganhadoras do Prêmio Incentivo à Educação Fundamental – 2004, promovido pelo Ministério da Educação e Fundação Bunge.
As ações foram desenvolvidas em conjunto, inicialmente direcionadas ao fortalecimento de valores, em um processo de interação. O projeto envolveu alunos de Ana de Fátima e estudantes da Escola Municipal Pontal do Sul, de Aparecida de Goiânia (Goiás), onde a irmã da professora exerce a função de coordenadora pedagógica.
O projeto surgiu de uma idéia simples: a troca de correspondências entre alunos da 4ª série, do período vespertino. Aos poucos, foi crescendo, transformando-se em Cartas-Perfil, nas quais os assuntos eram os hábitos e preferências dos alunos, ou Cartas-Informação, contando pesquisas sobre a cultura das cidades e dos estados de origem das crianças. O trabalho assumiu caráter interdisciplinar, abrangendo conteúdos de português e história. “Os alunos descreviam suas características e o que mais gostavam. Também contavam os temas das aulas. Era uma forma de divulgar o Mato Grosso do Sul e também conhecer a cidade de Aparecida de Goiânia”, explicou a professora.
RECEPÇÃO
Como desdobramento dessa troca de correspondências, os alunos da cidade de Aparecida de Goiânia viajaram aproximadamente 800 km para conhecer Três Lagoas e foram recepcionados pelos destinatários de suas cartas. “As crianças ficaram dois dias na cidade e tiveram uma aula sobre o Mato Grosso do Sul, ministrada pelos alunos que escreviam as cartas. Foi montado um cenário para eles conhecerem o Pantanal e toda sua biodiversidade”, disse Ana de Fátima.
Segundo a professora, as cartas despertaram o interesse dos alunos. “A troca de conhecimento foi gratificante para os estudantes. A carta não é um objeto obsoleto. O sujeito coloca as palavras como se estivesse tirando do coração. A internet é mais mecânica”, afirmou. No dia 15 de outubro, Dia do Professor, Ana de Fátima será recebida e homenageada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro da Educação, Tarso Genro, no Palácio do Planalto, ao lado de outros 19 professores vencedores do prêmio. Cada professor receberá R$ 5 mil e um troféu idealizado pela artista plástica e gravadora paulista Maria Bonomi, além de diploma, viagem e estada em Brasília, no período de 13 a 15 de outubro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo