Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 26 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Professora de Três Lagoas receberá prêmio em Brasília

8 Out 2004 - 14h45

Transformar a leitura e a escrita em momentos prazerosos para os alunos por meio de cartas. A partir dessa idéia, nasceu o projeto Intercâmbio cultural educando sem fronteiras, da professora Ana de Fátima Nunes, da Escola Municipal “General Nelson Custódio de Oliveira”, de Três Lagoas. A professora é uma das 20 ganhadoras do Prêmio Incentivo à Educação Fundamental – 2004, promovido pelo Ministério da Educação e Fundação Bunge.

As ações foram desenvolvidas em conjunto, inicialmente direcionadas ao fortalecimento de valores, em um processo de interação. O projeto envolveu alunos de Ana de Fátima e estudantes da Escola Municipal Pontal do Sul, de Aparecida de Goiânia (Goiás), onde a irmã da professora exerce a função de coordenadora pedagógica.

O projeto surgiu de uma idéia simples: a troca de correspondências entre alunos da 4ª série, do período vespertino. Aos poucos, foi crescendo, transformando-se em Cartas-Perfil, nas quais os assuntos eram os hábitos e preferências dos alunos, ou Cartas-Informação, contando pesquisas sobre a cultura das cidades e dos estados de origem das crianças. O trabalho assumiu caráter interdisciplinar, abrangendo conteúdos de português e história.

“Os alunos descreviam suas características e o que mais gostavam. Também contavam os temas das aulas. Era uma forma de divulgar o Mato Grosso do Sul e também conhecer a cidade de Aparecida de Goiânia”, explicou a professora.

RECEPÇÃO

Como desdobramento dessa troca de correspondências, os alunos da cidade de Aparecida de Goiânia viajaram aproximadamente 800 km para conhecer Três Lagoas e foram recepcionados pelos destinatários de suas cartas. “As crianças ficaram dois dias na cidade e tiveram uma aula sobre o Mato Grosso do Sul, ministrada pelos alunos que escreviam as cartas. Foi montado um cenário para eles conhecerem o Pantanal e toda sua biodiversidade”, disse Ana de Fátima.

Segundo a professora, as cartas despertaram o interesse dos alunos. “A troca de conhecimento foi gratificante para os estudantes. A carta não é um objeto obsoleto. O sujeito coloca as palavras como se estivesse tirando do coração. A internet é mais mecânica”, afirmou.

No dia 15 de outubro, Dia do Professor, Ana de Fátima será recebida e homenageada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro da Educação, Tarso Genro, no Palácio do Planalto, ao lado de outros 19 professores vencedores do prêmio. Cada professor receberá R$ 5 mil e um troféu idealizado pela artista plástica e gravadora paulista Maria Bonomi, além de diploma, viagem e estada em Brasília, no período de 13 a 15 de outubro.

 

 

Perfil News

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"
VIDEOS VAZADOS
Torcedora do flamengo esquenta a web com vídeos íntimos
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra em 24 horas 36.473 novos casos e 876 novas mortes
REVOLTANTE
Criança autista vítima de maus tratos é encontrada comendo fezes de cachorro para sobreviver
HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada