Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 26 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Professor indica 10 horas de estudos por dia para vestibulando

26 Jan 2011 - 18h10Por Folha Online

No Brasil, é comum dizer que o ano só começa depois do Carnaval. Mas, para quem está pensando no próximo vestibular, já é tempo de começar a se organizar.

O Fovest preparou um cronograma, que vai de fevereiro deste ano a janeiro do ano que vem, com dicas para dividir o tempo e não esquecer providências importantes.

Por exemplo: os maiores exames do país exigem na inscrição que o aluno tenha CPF próprio. Por isso, diz Paulo Lima, coordenador do CPV, fevereiro é tempo de providenciar os documentos e fazer um check-up médico que inclua, se for o caso, a revisão do grau dos óculos. "O vestibulando vai ter menos tempo para isso ao longo do ano", diz.

Já em relação aos estudos, um vestibular bem-sucedido começa com uma reflexão sobre o que é prioridade, avalia Fátima Sanchez, gestora do Instituto Personal Service, que ajuda jovens a planejarem suas carreiras. "É preciso estabelecer e, principalmente, cumprir metas."

Fátima sugere que o aluno fixe seu planejamento em um local visível. "Assim, ele vai lembrar todos os dias as metas que estabeleceu."

10 HORAS DE ESTUDO

Lima, o coordenador do CPV, concorda que um cronograma detalhado pode ser um aliado do estudante. Ele orienta seus alunos a dedicarem dez horas por dia aos livros, sendo seis em sala e quatro de forma individual.

Para definir o que fazer nesse momento de estudo sozinho, o estudante deve responder a duas perguntas: 1) Para o curso que eu quero, que disciplinas são mais cobradas? e 2) Em quais matérias tenho mais dificuldade?.

Para quem não faz cursinho, o ideal é manter as dez horas de estudo, sendo seis para estudos gerais e quatro para os objetivos pessoais, como reforço de pontos fracos ou aprofundamento em uma matéria específica.

Quando não for possível ter dez horas de estudo, deve-se manter a proporção de 60% do tempo disponível para estudos abrangentes e 40% para os específicos.

João Pedro Dannemann, 17, se fez essas perguntas e aperfeiçoou seu plano de estudos para conseguir, já no vestibular de meio do ano, uma vaga em administração na FGV ou na ESPM.

O estudante, que fez a prova dessas duas instituições no fim do ano passado, avaliou seu resultado e decidiu dedicar mais tempo a gramática, história e atualidades.

"Equilibrei mais o tempo que destino a cada disciplina, mas continuo estudando mais matemática", diz.

Seu cronograma, que começou antes mesmo das aulas e inclui atividades até o início da tarde de domingo, separa um tempo para seu hobby --o aikido, arte marcial japonesa. "Faço uma hora e meia duas vezes por semana. Ajuda a me distrair."

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"
VIDEOS VAZADOS
Torcedora do flamengo esquenta a web com vídeos íntimos
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra em 24 horas 36.473 novos casos e 876 novas mortes
REVOLTANTE
Criança autista vítima de maus tratos é encontrada comendo fezes de cachorro para sobreviver
HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada