Menu
SADER_FULL
domingo, 17 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Professor e aluna mortos em motel no Rio Grande do Sul

21 Nov 2006 - 09h51
O relacionamento entre uma adolescente, de 13 anos, e seu professor de piano, de 31, acabou em tragédia na manhã de domingo em Porto Alegre. Os dois foram encontrados baleados na cabeça dentro de quarto de motel na Zona Leste da capital do Rio Grande do Sul. Eles chegaram a ser levados para hospital, mas não resistiram aos ferimentos. A polícia aposta mais na hipótese de que o músico, recém-separado e pai de um filho pequeno, matou a estudante e depois cometeu suicídio. Outra possibilidade, mais remota, é a de um pacto de morte.

Gabriela Muratt e Marcos Maronez Júnior chegaram de táxi ao Motel Atenas, na Avenida Bento Gonçalves, às 16h de sábado. Às 19h, comunicaram à recepção que passariam a noite no local e pediram que fossem acordados às 8h de domingo. No horário combinado, funcionário telefonou para o quarto e o professor avisou que os dois já estavam saindo.

Duas horas depois, porém, o casal ainda não havia deixado o quarto. Estranhando o comportamento dos hóspedes, funcionários foram até a suíte para chamá-los. Como não foram atendidos, decidiram entrar no apartamento e encontraram os dois agonizando sobre a cama, baleados. Eles foram levados para o Hospital São Lucas, onde morreram.

DUAS CARTAS

No quarto, foram achadas duas cartas — supostamente escritas pelos dois — que atribuiriam as mortes à contrariedade da família de Gabriela ao relacionamento, além de frases escritas com chocolate nas paredes. Também havia no apartamento dois revólveres, calibres 32 e 38. As armas tinham sido disparadas, o que levou a polícia a considerar inicialmente a hipótese de as vítimas terem se suicidado, numa espécie de pacto.

Ontem, porém, a delegada Eliete Matias Rodrigues, da Delegacia do Adolescente e Criança Vítima, considerou mais provável a possibilidade de homicídio seguido de suicídio. Ela informou que está mais inclinada a acreditar que o professor matou a estudante. “Seguimos com essa hipótese por causa da idade dele e de seu poder de persuasão.”

A estudante, que cursava a 8ª série do Ensino Fundamental, estava desaparecida desde sexta-feira. Sua família, de classe média alta, comunicou o sumiço à polícia, que começou a tentar localizá-la. Em poucas horas, os policiais também passaram a procurar Marcos, sem sucesso, porque descobriram que ele havia saído de sua casa quinta-feira à noite.
O caso só foi esclarecido às 10h de domingo, quando funcionários do motel comunicaram à polícia que casal tinha sido encontrado.

MOTEL SUJEITO A MULTAS

A polícia acredita que os laudos da perícia vão elucidar o caso. Os resultados do exame técnico devem ficar prontos em 15 dias. Os proprietários do motel estão sujeitos a multas porque, segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente, esses tipos de estabelecimentos não podem hospedar menores.

Gabriela foi enterrada ontem no Cemitério Jardim da Paz, em cerimônia reservada para os parentes. Até o fim da tarde, o corpo do professor ainda não havia sido liberado pelo Instituto Médico-Legal (IML).

Discussão com a mulher

Depois de sair de sua casa, quinta-feira, Marcos se hospedou em hotel no Centro de Porto Alegre. Ele chegou sozinho ao local e, aos recepcionistas, avisou que passaria semanas ali. “Falou que ficaria um tempo aqui porque não agüentava mais brigar em casa”, contou o gerente do estabelecimento. Segundo um amigo da família do professor, Marcos teria discutido com a mulher, de quem estava se separando.

Quando a polícia começou a procurar Marcos em busca de Gabriela, sexta-feira à noite, ele já não estava mais no hotel. Sua moto ficou estacionada na garagem do local até ontem, quando policiais a retiraram de lá.

Marcos dava aulas para Gabriela no Conservatório de Música 24h, do qual era dono. Além de estudar música, a adolescente representava sua escola em competições estudantis de vôlei.

 

O Dia Online

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Amar a Deus
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ame o Senhor, seu Deus
BRASIL VERDE
Governadores avançam na criação de consórcio em defesa do desenvolvimento sustentável
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
LIÇÕES DA BÍBLIA
Outras imagens
LIÇÕES DA BÍBLIA
Seu povo especial
REVOLTANTE
Vanessa, de 18 anos, é atropelada e morre após reagir a assédio
LIÇÕES DA BÍBLIA
O livro da aliança
PAVOROSO
Acumulador de lixo transforma rua de cidade modelo em paraíso das ratazanas
JOGOS MORTAIS
Escola envia carta aos pais alertando sobre a série 'round 6'