Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 26 de maio de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Produção de suínos registra aumento de 11% no Estado

26 Mar 2007 - 08h03

A produção de suínos em Mato Grosso do Sul começou o ano em alta de 11,46% em relação ao mesmo período do ano passado, conforme os dados do Mapa (Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento), através da SFA (Superintendência Federal de Agricultura).

De acordo com os dados, no primeiro bimestre deste ano foram abatidos 119,6 mil animais, enquanto em período igual do ano passado totalizaram 107 mil cabeças. O resultado de fevereiro foi de 59,7 mil animais, somando em peso morto 5.528.657 quilos, sendo 92,5 quilos em média cada animal.

Aves

Já o consumo de aves faz o inverso e registra queda de 2,09% no primeiro bimestre deste ano em relação a 2006. Segundo o relatório, o número de abate de aves nos dois primeiros meses deste ano é de 19,9 milhões, enquanto em 2005 chegou 20,3 mil. Em fevereiro deste ano, foram 9,3 milhões de aves, com peso morto de 19.356.526 quilos, sendo 2,07 quilos em média cada ave.

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - COVID-19
Pandemia faz empresas demitirem 29% dos funcionários do setor de turismo de Bonito (MS)
VITIMA DA COVID 19
'Mãe' de Jojo Todynho morre de Covid-19
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Dia dos Namorados é no O Boticário, confira o catálogo digital, entrega em casa em Fátima do Sul
COVID-19
Dois integrantes da banda de Zezé Di Camargo e Luciano testam positivo para coronavírus
FEMINICIDIO
Filha de 12 anos faz homenagem para vítima de feminicídio: 'te amarei para sempre'
ELEIÇÕES 2020
Líderes municipalistas confirmam inviabilidade das eleições 2020
INACREDITÁVEL
Cadeirante mudo assalta joalheria com arma nos pés; assista ao vídeo
BRASIL - 22.666 MORTES
Brasil tem mais 653 mortes, e vítimas da covid-19 no país chegam a 22.6
EMOCIONANTE - VIDEO
Esposo toca sanfona para esposa no hospital após ela receber alta de covid-19
ELEIÇÕES 2020?
Talvez seja inevitável adiar eleições municipais, diz Barroso