Menu
SADER_FULL
terça, 7 de dezembro de 2021
ASSEMBLEIA DEZEMBRO 2021
Busca
Brasil

Procon/MS disponibiliza consulta on-line de processos

21 Jan 2010 - 10h00Por MS Notícias

A partir de hoje, dia 21 de janeiro, o consumidor poderá acompanhar seu processo no Procon/MS via internet, através do site do órgão (www.procon.ms.gov.br). A novidade faz parte de um projeto do Procon para integrar o consumidor ao órgão.

 

Mato Grosso do Sul é um dos primeiros estados do Brasil a disponibilizar a consulta de processos on-line. Numa próxima etapa, que deve ocorrer em março, o consumidor poderá registrar reclamação no Procon via internet.

De acordo com o superintendente em exercício do Procon, Alexandre Monteiro Rezende, com o número do processo, o consumidor tem acesso a todo o trâmite do processo, inclusive datas de audiências. “Estão disponíveis para consulta os processos registrados a partir de 25 de novembro do ano passado”, explica.

As empresas, conforme Alexandre, também podem consultar processo, mas antes precisam fazer um cadastramento no Procon para obter login e senha de acesso. Somente nos meses de novembro e dezembro, o Procon/MS registrou 1.831 processos.

Leia Também

SONHO DA MATERNIDADE
Servidora Pública perde marido para a Covid, mas realiza sonho e dá à luz trigêmeos
LIÇÕES DA BIBLIA
O céu dos céus
covid_04.12 COVID NO BRASIL
Covid-19: país tem 22,1 milhões de casos e 615,5 mil mortes
LIÇÕES DA BIBLIA
Deuteronômio em escritos posteriores
ABUSO DE AUTORIDADE
PM arrasta homem negro algemado em moto; "Como na escravidão", diz gravação
REVOLTANTE
Índia de 13 anos violentada pelo avô busca ajuda e acaba estuprada por 4 em unidade saúde
DOENTIO
Mulher descongela geladeira e encontra corpo de bebê escondido em sacola
PONTE BIOCEÂNICA
Ponte Bioceânica vai ganhar nova data de lançamento; Bolsonaro e Marito participam
AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança