Menu
SADER_FULL
quarta, 1 de dezembro de 2021
Busca
Brasil

Previdência privada pode garantir melhor renda a aposentados

29 Dez 2009 - 15h53Por Conjuntura

Comprar imóveis, fazer aplicações e até mesmo adquirir uma previdência privada possibilita que o capital muitas vezes dobre de valor.

Isso é comprovado por especialistas que alegam que fazer investimentos a longo prazo é considerada a alternativa mais sólida para garantir uma renda extra.

E a realidade dos últimos anos mostra que os aposentados têm dificuldades em adquirir uma renda adequada que proporcione conforto e qualidade de vida.

De acordo com o presidente da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Campo Grande, Valdir de Miranda Ozório, 77 anos, 95% dos idosos associados à entidade vivem exclusivamente da aposentadoria do INSS.

“Na maioria dos casos, eles não têm condições financeiras de aderir a uma previdência privada, mas são orientados quanto a importância de ter uma renda extra”, destaca.

Atualmente, os aposentados filiados as associações e sindicatos de apoio à classe, possuem três projetos que aguardam votação na Câmara Federal de Deputados.

“Aguardamos ansiosos, estamos nessa briga faz tempo, precisamos nos garantir, ter uma renda que realmente condiz com a situação atual”, finaliza o presidente da associação.

O assessor de captação do SICREDI/MS (Sistema de Crédito Cooperativo), Marcus Vinicius Nogueira, explica que a previdência pública – INSS passa por uma série de dificuldades, o que causa incertezas diante dos direitos dos cidadãos como a aposentadoria.

"A população economicamente ativa está diminuindo e de idosos aumentando. Hoje, o INSS possui um déficit mensal muito grande, imagine isso daqui a 20 ou 30 anos”, destaca.

Ele ainda conta que especialistas projetam que no futuro, devido a estas dificuldades e às reformas previdenciárias que possam ocorrer no sistema de previdência pública, o INSS pague a seus beneficiários somente o valor de um salário mínimo.

Com essa preocupação, associados à cooperativa de crédito aderem a previdência. É o que aconteceu com o comerciante Anderson Bezerra Arriero, 29 anos, que há dois meses se associou e ao mesmo tempo aderiu ao serviço oferecido pela instituição.

“Não sei o dia de amanhã e para garantir, faço o investimento, para futuramente ter o benefício”, diz.

No caso do economista Massimo Henrique Notari, 43, a previdência privada foi uma alternativa adotada há sete anos, e que há pouco menos de dois meses fez a portabilidade para uma previdência privada. “Comparei os lucros e os benefícios, e percebi que compensava mais para mim, principalmente pelas taxas”, diz.

 

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto