Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 19 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Presos são algemados a sofá de delegacia em Dourados

16 Ago 2004 - 09h35
Desde a semana passada está proibida - por decisão judicial - a permanência de presos sem condenação nas celas das delegacias de Dourados ou no Presídio de Segurança Máxima Harry Amorim Costa. Sem ter onde acomodar os novos infratores, a polícia está mantendo os presos algemados a um sofá.

Essa é a nova situação complicada para os delegados do primeiro Distrito Policial de Dourados. Quatro pessoas foram presas no fim de semana e, como as celas da delegacia estão interditadas e a penitenciária Harry Amorim Costa não pode receber presos sem condenação eles vão ter que ficar algemados no sofá. Agentes vão ter que cuidar desses presos. Na semana passada, os delegados da Polícia Civil fizeram uma reunião com o juiz para negociar uma alternativa a falta de locais para prender as pessoas em Dourados.

O diretor da Agência Penitenciária de Mato Grosso do Sul, Luis Carlos Telles afirmou na semana passada que o problema poderá ser minimizado com a conclusão da penitenciária de Naviraí e de Dois Irmãos do Buriti. Mas o prazo para que as obras sejam concluídas é para daqui a quatro meses. Por enquanto, os delegados de Dourados vão ter que usar o sofá que também não comporta um número muito grande de presos.

Integrantes da Ordem dos Advogados do Brasil informaram que sob o ponto de vista legal, as duas decisões do juiz corregedor Celso Schuch estão corretas e não podem ser questionadas. A OAB espera uma solução política para a situação.
 
 
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado
SAQUE EMERGENCIAL
Caixa cria calendário para liberar nova rodada de dinheiro do FGTS
TRAGEDIA AÉREA
Acidente aéreo mata sócio da Raizen e outras seis pessoas