Menu
SADER_FULL
quarta, 5 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Preso índio acusado de atear fogo na cunhada em Caarapó

16 Abr 2007 - 08h31
Em uma ação conjunta as polícias Civil e Militar de Caarapó prenderam, nesse sábado, por tentativa de homicídio, o indígena Lídio Isnardi.

Ele é acusado de ter jogado álcool e ateado fogo na própria cunhada, uma adolescente de 18 anos, fato ocorrido na noite dessa sexta-feira, 13, em Caarapó. A vítima, Nicozalia Vieira, que estava gestante de dois meses, sofreu queimaduras de primeiro e segundo grau em 40% do corpo e está internada.

Lídio Isnardi foi preso no interior da Aldeia Guyraroca, situada às margens da estrada vicinal que liga Caarapó a Fátima do Sul, a cerca de 31 quilômetros da cidade em Caarapó. Ele foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Caarapó onde foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio e está preso na cadeia pública local à disposição da Justiça.
 
 
 
A Gazeta News

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGEDIA NA RODOVIA
Familia se despede de parentes mortos em acidente na BR-277
NA CASA DELE
Tio estupra criança de 4 anos e dá chocolate para ela não contar
BOCA DA ONÇA É NO MS
Maior cachoeira do MS, Boca da Onça retorna com muitas novidades, confira
ACIDENTE TRÁGICO
Vitimas do acidente na BR 177 são identificadas: 3 são da mesma familia
CORRUPÇÃO NA SAUDE
MP aponta 'vergonhosa fraude' e aciona prefeito a devolver R$ 4,136 milhões
BORA PRA BONITO - MS
O que é ecoturismo e porque Bonito, MS?
TRAGEDIA NA RODOVIA
Acidente com 22 veículos deixa 8 mortos e 20 feridos
PERDAS NA PANDEMIA
Morre 5º pastor da Assembleia de Deus vítima da covid-19
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Motorista bêbado atinge carro e mata 4 adultos e uma criança
LIMPA NOME
Serasa lança nova campanha para limpar nome por apenas R$ 100