Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 13 de maio de 2021
Busca
Brasil

Presidente do PSDB quer antecipar escolha de candidato para 2014

3 Nov 2010 - 13h42Por Folha Online

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso incitou discussão no PSDB ao defender a escolha de seu futuro candidato à Presidência dois anos antes da eleição. Em uma crítica velada ao candidato derrotado José Serra, FHC disse, em entrevista à Folha, que não "se pode ficar enrolando até o final".

A entrevista desagradou aliados de Serra, que só assumiu oficialmente a candidatura em março. FHC reconheceu ainda que o senador eleito Aécio Neves (MG) saiu fortalecido das eleições. Mas não existe candidato natural.

O presidente do PSDB, Sérgio Guerra, chamou de sensata a proposta de FHC.

"Na minha opinião, devemos ir para a eleição municipal já com candidato à Presidência", diz. O líder do PSDB na Câmara, João Almeida (BA), concorda.

A proposta encontra resistência em setores do PSDB de São Paulo que sonham com a candidatura de Geraldo Alckmin. À frente do governo do Estado, ele não poderia se candidatar dois anos antes do fim do mandato.

O deputado Edson Aparecido (SP) diz ter dúvidas sobre a proposta. "Acho que o desafio do PSDB é construir um discurso que o aproxime do eleitor. Se iniciarmos escolha agora, não poderemos nos dedicar à consolidação de nossas bandeiras."

Para o senador Álvaro Dias (PR), é prematura a escolha dois anos antes da eleição. Segundo ele, o mais importante é democratizar o processo interno de escolha. "A menos que não existam alternativas, é cedo demais."

As declarações de FHC provocaram desconforto entre os aliados de Serra, especialmente por conta das críticas à condução da comunicação da campanha.

FHC disse que não dará mais "endosso a um PSDB não defenda a sua história".

Procurada, a ala serrista do PSDB não se manifestou. O prefeito de São Paulo, o democrata Gilberto Kassab disse que Serra é um quadro importante para a oposição.
"Serra não deixará de ser referência para o país".

O governador reeleito de Alagoas, Teotonio Vilela Filho apoiou a posição de FHC.

"Acho que precisamos, no máximo até 2012, já ter o nosso candidato", disse.

Para ele, ainda é cedo para apontar possíveis candidatos e dizer se Serra é um deles.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada