Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 20 de maio de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
Brasil

Presidente da Itália escreve a Dilma por extradição de Battisti

21 Jan 2011 - 09h50Por Redação Terra

O presidente da Itália, Giorgio Napolitano, enviou uma carta à presidente brasileira, Dilma Rousseff, pedindo que o Brasil extradite o ex-militante Cesare Battisti. O conteúdo do texto foi antecipado nesta sexta-feira para a imprensa da Itália. As informações são da agência de notícias italiana Ansa.

"Talvez não tenha sido plenamente compreendida a necessidade de justiça do meu país e dos familiares das vítimas dos brutais e injustificáveis ataques armados, assim como dos feridos e sobreviventes", escreveu o chefe de Estado, de acordo com o jornal La Repubblica.

Napolitano afirmou que a não extradição de Battisti "é um motivo de desilusão e amargura" para a Itália, onde ele é condenado à prisão perpétua por quatro assassinatos cometidos na década de 1970, quando integrava o grupo de extrema-esquerda Proletários Armados pelo Comunismo (PAC).

"Trata-se de uma necessidade de justiça ligada ao empenho das instituições democráticas do meu país e da coletividade nacional, que foram capazes de reagir à ameaça e aos ataques do terrorismo, conseguindo derrotá-lo segundo as regras do Estado de Direito", escreve Napolitano. Para o presidente da Itália, "não são aceitáveis remoções, negociações ou leituras românticas dos derramamentos de sangue daqueles anos, e as responsabilidades não podem ser esquecidas".

Preso no Brasil desde 2007, o ex-militante italiano recebeu refúgio político dois anos depois, em decisão do então ministro da Justiça, Tarso Genro. Ainda em 2009, o caso de Battisti foi julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que autorizou a extradição, mas decidiu que a palavra final caberia ao então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No último dia de seu mandato, Lula decidiu manter o italiano no Brasil, acatando um parecer da Advocacia-Geral da União (AGU).

A Itália, no entanto, não desistiu de conseguir a extradição de Battisti. Na quinta-feira, os representantes italianos no Parlamento Europeu apresentaram uma resolução que pede para o governo brasileiro rever a decisão. O texto foi aprovado por 86 votos a favor, um contra e duas abstenções.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Saúde Delicada
O Ator Tony Ramos passa por cirurgia de emergência na cabeça para tratar sangramento cerebral no RJ
Ajude o RS
Culturamense registra a devastação de Lageado durante entrega de 21 toneladas de donativos
Fotos: Saul Schramm BOMBEIROS DE MS EM AÇÃO NO PANTANAL
Para combater incêndios florestais no Pantanal, Governo de MS instala bases dos bombeiros em 13 área
SOLIDARIEDADE AO RIO GRANDE DO SUL
De Fátima do Sul e Culturama: Carreta com 17 toneladas de donativos chega a Roca Sales, RS
OLHA A HISTÓRIA
Mulher fica em coma por 17 dias após tomar remédio para cólica

Mais Lidas

Foto: reprodução internetNOVA FRENTE FRIA
Nova frente fria derruba temperaturas em MS; confira a previsão
EXPORAMA 2024EXPORAMA 2024 - VEJA PROGRAMAÇÃO
Com Laço, Rodeio, Shows e entrada franca, prefeita anuncia programação do aniversário de CULTURAMA
FÁTIMA DO SUL DE LUTO
Fátima do Sul se despede de Nivalda Pinheiro, Pax Oliveira informa sobre velório e sepultamento
Mulher pode ter matado filho na capital paraguaia / Reprodução ABC ColorTRAGÉDIA FAMILIAR
Mãe mata filho de 05 anos enforcado e é achada morta
Brasil
Conheça os finais dos principais personagens de "América"