Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 28 de fevereiro de 2021
SADER_FULL
Busca
BONITO - MS

Presidente da Câmara e vereadora são afastados em Bonito

Os vereadores Reinaldo Nunes Reis e Luisa Aparecida Cavalheiro, foram afastados temporariamente

1 Jun 2011 - 15h37Por Mídia Max

O presidente da Câmara Municipal de Bonito, Reinaldo Nunes Reis, e a vereadora Luisa Aparecida Cavalheiro, foram afastados temporariamente da Casa de Leis do município, segundo informações do Ministério Público Estadual.

Segundo informações do site Bonito Informa, os dois vereadores afastados não apareceram durante a sessão ordinária da Câmara Municipal desta terça-feira. Com isso, os trabalhos foram presididos pelo vereador Clóvis Enoir Schmidt, o Clóvis da Farmácia, do PMN, que com o afastamento do presidente da Câmara passa a ocupar a presidência da Casa de Leis.

O caso

Na tarde desta terça-feira, a Polícia Civil de Bonito e a Promotoria de Justiça realizaram a apreensão de computadores, CDs e documentos da Câmara Municipal de Bonito.

A investida tem a ver com uma apuração em curso acerca de um suposto esquema de compra de votos para a eleição da presidência da Casa.

O vereador Amir Trindade, do PDT, um dos denunciantes do caso, disse que em setembro passado, a então presidente da Câmara, Luiza Cavalheiro, do PPS, procurou os vereadores e exigiu R$ 16 mil de cada um dos nove vereadores.

O dinheiro arrecadado, segundo Trindade, seria para pagar fiscais do TCE (Tribunal de Contas do Estado). É que as contas da Câmara estariam irregulares.

Trindade disse ainda que a vereadora tentou convencer os parlamentares a aprovar a Lei Orgânica do município, que legalizaria a reeleição dela. Os vereadores refutaram a ideia e o projeto barrado, segundo Trindade.

Passado alguns dias, a presidente pediu R$ 12 mil aos vereadores – algo em torno de R$ 1,3 mil de cada um. Esse dinheiro, segundo a vereadora, deveria ser devolvido por “problemas” no relatório contábil da Câmara.

Amir Trindade disse também que pediu o recibo do dinheiro devolvido, mas a vereadora recusou a proposta, daí a denúncia. A solicitação do parlamentar foi feita por meio de notificação extrajudicial em março passado.

Ainda segundo o vereador do PDT, a vereadora Luiza conseguiu que o seu aliado Nandinho do PT, se elegesse presidente da Casa. Trindade disse que existe uma fita com diálogos indicando que a eleição do petista possa ter ocorrido sob influência de pagamento de propina.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARCERE PRIVADO
Homem é preso por cárcere privado e violência doméstica após mulher pedir socorro com foto nas redes
NOVO AUXILIO
Presidente afirma Auxílio emergencial deve voltar em março, com parcelas de R$ 250
ALERTA EPIDEMIOLÓGICO
Covid-19: Brasil registra 1.541 mortes em 24 horas
MUNDO DO CRIME
Após morrer de Covid-19 no mesmo dia, casal tem oficina invadida e furtada
TRISTEZA NA FAMILIA
Pai e filho morrem de Covid-19 com poucas horas de diferença
CNH GRÁTIS
CNH Grátis: 8 mil carteiras gratuitas liberadas pelo DETRAN; inscreva-se
FINAL DA COPA DO BRASIL
Quem será o campeão da Copa do Brasil?
DIVIDA PÚBLICA
Dívida pública sobe em janeiro e atinge R$ 5,06 trilhões
ALÔ NAÇÃO RUBRO-NEGRA
VÍDEO: 'Jorge' o Urubu queridinho de Culturama viraliza nas redes sociais da Nação Rubro-Negra
LOCKDOWN
Com explosão de casos de covid, e 14 deputados infectados A. Legislativa volta a fechar as portas