Menu
SADER_FULL
sexta, 17 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Preocupação com o clima nos EUA faz soja acumular alta

14 Set 2004 - 08h22
As preocupações com as condições climáticas nas regiões de produção de soja nos Estados Unidos fizeram o grão recuperar um pouco de terreno este mês na bolsa de Chicago após um período de recuos expressivos. De acordo com levantamento do Valor Data/Bloomberg, o contrato de novembro - que corresponde à nova safra americana - acumulou alta 2,82% entre 30 de julho e 20 de agosto, tendo fechado a US$ 5,85 por bushel na sexta-feira em Chicago.

Em relação à quinta-feira, no entanto, o contrato teve queda de 4,5 centavos de dólar. Segundo fontes ouvidas pela Dow Jones Newswires, a queda ocorreu por conta de previsões de temperaturas mais altas e possibilidade de chuvas no Meio-Oeste americano, principal região de produção da oleaginosa.

Para Fernando Muraro, da Agência Rural, a recuperação este mês decorre das baixas temperaturas nos EUA num momento "delicado" para a safra americana de soja. Segundo ele, as lavouras estão em enchimento de grãos, e as baixas temperaturas deixam mais lento o desenvolvimento das plantas. Isso significa que pode demorar mais tempo para que a planta complete seu ciclo de produção, aumentando o risco de perdas.

Mas Muraro não crê que os preços da soja voltem aos níveis vistos em março deste ano em Chicago, quando o contrato de segunda posição atingiu US$ 10,5075/bushel. Desde então, a segunda posição caiu 44,33%, apurou o Valor Data. "No ano passado, a safra mundial teve queda de 30 milhões de toneladas e a China entrou com voracidade no mercado", observou.
 
 
Agrolink

Deixe seu Comentário

Leia Também

TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado
SAQUE EMERGENCIAL
Caixa cria calendário para liberar nova rodada de dinheiro do FGTS
TRAGEDIA AÉREA
Acidente aéreo mata sócio da Raizen e outras seis pessoas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Um missionário irado e inquieto