Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 27 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Prefeitura esclarece programas para 600 beneficiados em Fátima do Sul

28 Jun 2010 - 06h25Por Luiza Rodrigues / Fátima News
A Prefeitura Municipal de Fátima do Sul através da Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social e do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS- promoveu reuniões no distrito de Culturama e Fátima do Sul, respectivamente, com a participação efetiva de famílias participantes do Programa Bolsa Família.
 
O CRAS - Centro de Referência da Assistência Social reuniu no Centro de Convivência do Idoso Feliz de Culturama, 250 beneficiárias e, em Fátima do Sul, no CONVIVER, 600 participantes, com o objetivo de prestar esclarecimentos sobre os programas sociais conveniados e mantidos pela Prefeitura Municipal.
 
Atualmente, conforme informou a Coordenadora do CRAS, Juraci Rocha da Silva Góis, ao discorrer sobre a Definição, Objetivos e Programas vinculados ao órgão, o município de Fátima do Sul mantém um cadastro ativo de 841 famílias e, em Culturama 245 famílias devidamente cadastradas e recebendo o benefício do Bolsa Família, totalizando assim, 1086 em todo o município.
 
Na abertura, a Secretária Municipal de Assistência Social, Floraci Sales Basílio saúda os participantes em seu nome e em nome da Prefeita Ilda Machado e, esclarece sobre os objetivos da reunião e a sistemática de desenvolvimento dos trabalhos, informando que é uma atividade tripartite como, aliás, é o próprio programa Bolsa Família, porque envolve a Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Saúde e Secretaria de Educação do Município.
 
A Coordenadora Juraci Rocha da Silva Gois que fez palestra sobre a abrangência e objetivos do Programa, explicou que o CRAS é uma unidade pública responsável pela organização e oferta de serviços de proteção social do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) nas áreas de vulnerabilidade e risco social dos municípios. Os programas vinculados ao CRAS são: Bolsa Família, Peti, ProJovem, Conviver e BPC ,Programas de Geração de Rendas e Fortalecimentos dos Vínculos Familares.
 
Hepher Gideoni, também do CRÁS explicou que a gestão do Programa Bolsa família é descentralizada e compartilhada por União, estados, Distrito Federal e municípios. Os três entes federados trabalham em conjunto para aperfeiçoar, ampliar e fiscalizar a execução do Programa e, que nos municípios, as condicionalidades são os compromissos nas áreas da Educação, da Saúde e Assistência Social assumidos pelas famílias e que precisam ser cumpridos para que elas continuem a receber o benefício do Bolsa Família.
 
Nadir Vieira, responsável pelo Programa Bolsa Família no âmbito da Secretaria de Saúde explicou que as condicionalidades a serem cumpridas junto a saúde são: acompanhamento do calendário vacinal e do crescimento e desenvolvimento para crianças menores de 7 anos; e pré-natal das gestantes e acompanhamento das nutrizes na faixa etária de 14 a 44 anos.
 
No âmbito da Secretaria de Educação, a técnica Maria do Socorro, detalhou que as condicionalidades educacionais são: matrícula e freqüência escolar mínima de 85% para crianças e adolescentes entre 6 e 15 anos e mínima de 75% para adolescentes entre 16 e 17 anos.
 
Completando o tripé de condicionalidades do Programa, no âmbito da Secretaria de Assistência Social atualmente, freqüência mínima de 85% da carga horária relativa aos serviços socioeducativos para crianças e adolescentes de até 15 anos em risco ou retiradas do trabalho infantil.
 
Finalizando a reunião, a Secretaria Floraci esclarece que as condicionalidades, conforme consta do Programa Bolsa Família são, ao mesmo tempo, responsabilidades das famílias e do poder público, sem o objetivo de punir as famílias e sim, de responsabilizar de forma conjunta os beneficiários e o poder público, que deve identificar os motivos do não-cumprimento das condicionalidades e implementar políticas públicas de acompanhamento para essas famílias.
 
Floraci agradece a Prefeita Ilda pelo apoio irrestrito às ações desenvolvidas e pela possibilidade do CRAS realizar com êxito as reuniões de Culturama e de Fátima do Sul, com a participação efetiva de mais de oitocentas beneficiárias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BARBÁRIE
Marido mata mulher a facadas dentro de casa durante almoço de domingo
CAPOTAMENTO
Carro capota várias vezes ao fazer curva na MT-412 e mata fotógrafo
BRASIL - 157.134 MORTES
Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por covid-19
AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga 2ª parcela de R$ 300 da extensão do auxílio emergencial
SIM A VIDA
Brasil se une a Egito, Indonésia, Uganda, Hungria e EUA em declaração contra o aborto
Invasão em residência acaba morador morto por tiro acidental TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata o próprio irmão ao atirar em invasor de residência
GUERRA DA VACINA
Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa, mesmo se aprovada pela Anvisa
Motorista da carreta diz que ainda tentou desviar, mas não conseguiu DOENÇA DO SÉCULO
Menor pega carro escondido, joga contra carreta e morre na hora
BRASIL - 155.403 MORTES
Covid-19: Brasil tem 24.818 novos casos em 24 horas
AJUDA
Caixa Econômica paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários