Menu
SADER_FULL
sábado, 26 de setembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Prefeitura de Caarapó realiza curso de Libras

15 Set 2010 - 09h00Por Caarapó News

Com o objetivo de proporcionar aos ouvintes um primeiro contato com a língua brasileira de sinais, que é a primeira língua do surdo, a prefeitura de Caarapó, em parceria com o Centro de Capacitação de Profissionais da Educação e Atendimentos às Pessoas com Surdez (CAS), órgão vinculado à Secretaria de Educação de Mato Grosso do Sul, iniciou no último dia 13 a 2ª Oficina de Libras em sistema de módulos.

 

De acordo com a responsável pela Educação Especial em Caarapó, a psicóloga Thelma Molina, o público alvo são os educadores do município envolvendo professores, monitores, merendeiras, além de surdos, familiares e comerciários. Aproximadamente 60 pessoas foram inscritas para participarem da capacitação. As aulas estão sendo ministradas pelo instrutor surdo, Jeferson Soares Candia, lotado no CAS de Campo Grande.

 

Thelma disse ainda que a 2ª Oficina de Libras, está dividida em três módulos. O primeiro terá uma duração de 60 horas/aula e teve início  na última segunda-feira na Escola Municipal Cândido Lemes dos Santos. E serão realizadas durante três semanas seguidas. As capacitações acontecem de segunda à sexta-feira das 13 às 16h30 e das 18h30 às 22h. Já o segundo módulo será realizado no  1° semestre de 2011 e o terceiro módulo no 2º semestre também de 2011.

 

A psicóloga falou também que a capacitação além proporcionar a divulgação da língua do surdo, serve também para mostrar a sua cultura. “É interessante as pessoas saberem que eles também possuem uma cultura, que conhecem o mundo através de estímulos visuais, além de terem sua personalidade”, comentou.

 

Thelma acrescentou  que a inclusão de pessoas com deficiência na escola é garantida pela Constituição Federal de 1988, pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) de 1996, reafirmado no Estatuto da Criança e do Adolescente de 1990, e outras específicas.

Segundo o prefeito Mateus Palma de Farias (PR), as pessoas com surdez têm o mesmo valor e direitos que as outras, daí a necessidade de sempre está realizando as capacitações, para que haja cada vez mais uma maior interação com as demais pessoas. “Temos procurado a cada ano manter o convênio com o CAS, devido a grande importância do curso não somente para as pessoas surdas, mas para a sociedade em geral”, disse

Deixe seu Comentário

Leia Também

Motorista registrou a travessia de uma jiboia na avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. FORA DO HABITAT
VÍDEO: motorista flagra jiboia cruzando pista de avenida no RJ: 'olha isso'
Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas
o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio
Imagem: Reprodução/Balanço Geral Londrina FUGA EM MASSA
Presos fogem de cadeia após surto de Covid-19
Material estava dentro de uma bexiga e enrolado com fita isolante PROFUNDEZAS DO CRIME
8 celulares e outros materiais são retirados do ânus de preso