Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 23 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Prefeitura de Caarapó promove seminário para mulheres

12 Jul 2006 - 14h12

A Prefeitura de Caarapó promoveu na última terça-feira, no Salão Paroquial da Igreja Matriz, o seminário Maria-Maria – Em busca da cidadania, direcionado às mulheres que integram os vários grupos do Projeto Maria-Maria, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Ação Social. O evento reuniu cerca de 200 mulheres da sede do Município e dos distritos de Cristalina e Nova América, e representantes da Reserva Indígena Guarani-Kaiowá Te´ýikue.

 

O encontro foi prestigiado pelo prefeito Mateus Palma de Farias (PL) e pela vice Teresinha Batista (PT), com participação do secretário municipal de Ação Social, psicólogo José Emilson Silva Ortega, da coordenadora do Projeto Maria-Maria no Município, Maria Lúcia Barbosa de Medeiros, e da coordenadora estadual do Programa Bolsa Família, Márcia Ratti, que representou a Superintendência da Política de Assistência Social da Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Economia Solidária de Mato Grosso do Sul.

Mateus Palma de Farias disse que o Projeto Maria-Maria já se consolidou no Município. “as ações desenvolvidas se converteram em um política importante no contexto das políticas públicas de combate à pobreza”, declarou, acrescentando que o trabalho desenvolvido pela área social da administração está atingindo os objetivos, na media em que “já estão sendo colhidos os frutos da geração de renda pelos grupos de mulheres que participam do projeto”. A vice-prefeita Teresinha Batista defendeu o desenvolvimento de programa “que trazem mais vida e possibilitem investimentos nas pessoas” e “que propiciem a construção de uma sociedade mais cidadã, em cujo seio as pessoas possam viver melhor”.

O Projeto Maria-Maria foi criado pela prefeitura de Caarapó em 1999, através da Secretaria Municipal de Ação Social, com o objetivo de contribuir para a construção da cidadania feminina, ampliar sua autonomia econômica e propiciar sua inclusão social, contribuindo para a elevação de sua auto-estima.

 

Atualmente, a administração do prefeito Mateus Palma de Farias tem investido na diversificação das ações do projeto, com apoio da área social dos governos estadual e federal, visando combater a desigualdade de gênero e consolidando uma política de economia solidária, fortalecendo a autonomia da mulher para sua inserção no setor produtivo e investindo nos grupos de mulheres com cursos de qualificação, eventos e oficinas continuadas. Um exemplo são os cursos oferecidos, como o de malharia, corte e costura, pintura, aperfeiçoamento em pintura, crochê, manicure e pedicure.

 

A palestra central do evento – que enfocou assuntos relacionados à economia solidária e o enfrentamento dos problemas sociais -, foi proferida pela economista Maria Clara Silva de Rezende Vale, de Campo Grande, especialista em Ciências Sociais e em sociopsicoterapia, mestre em Educação e doutoranda em Desenvolvimento Local.

 

No encerramento do encontro, cerca de 200 mulheres receberam certificados de participação nas ações do Projeto Maria-Maria.

 

 

 

 

Fátima News

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro