Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 16 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Prefeitura de Batayporã avalia prejuízo superior a R$500 mil

10 Jan 2007 - 09h35

O prefeito de Batayporã, Jersé Eusébio de Souza (PMDB), avaliou prejuízo superior a R$ 500 mil ocasionado pela chuva que provocou vários estragos na cidade. No total, 400 casas foram alagadas, deixando mais de 50 famílias desabrigadas. Várias ruas foram inundadas, sendo que a MS-134 chegou a ficar alagada e teve de ser interditada.

Várias ruas na região central da cidade ficaram alagadas, pois a Lagoa do Sapo transbordou. A Prefeitura chegou a ficar inundada e os trabalhos tiveram de ser suspensos ontem. Hoje, a água já baixou e a Prefeitura montou várias equipes de força-tarefa para avaliar todos os prejuízos e ajudar as famílias mais necessitadas.

As pessoas que ficaram desabrigadas foram levadas para o Centro de Educação Municipal, segundo informações da assessoria de imprensa da Prefeitura, sendo que o mutirão organizado pela Prefeitura deve ajudar a reparar os estragos em algumas casas e ajudar aqueles que perderam móveis e roupas. O prejuízo total ainda não foi avaliado, mas pode ser superior a R$ 500 mil.

Ontem, o córrego Esperança transbordou e alagou a MS-134, que liga Batayporã a Nova Andradina e a Porto Primavera. A pista foi liberada ainda na tarde de ontem. Conforme levantamento da Prefeitura da cidade, com apoio da Defesa Civil, a chuva que durou mais de sete horas atingiu mais de 350 milímetros, um percentual que não era visto na cidade há mais de 30 anos.

O prefeito da cidade decretou ainda ontem situação de emergência na cidade. Este é o segundo município do Estado a decretar situação de emergência devido aos estragos ocasionados pela chuva nesta época. O primeiro foi Tacuru, onde os prejuízos foram avaliados em até R$ 5 milhões.

 

 

 

Mídia Max

Leia Também

BRASIL VERDE
Governadores avançam na criação de consórcio em defesa do desenvolvimento sustentável
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
LIÇÕES DA BÍBLIA
Outras imagens
LIÇÕES DA BÍBLIA
Seu povo especial
REVOLTANTE
Vanessa, de 18 anos, é atropelada e morre após reagir a assédio
LIÇÕES DA BÍBLIA
O livro da aliança
PAVOROSO
Acumulador de lixo transforma rua de cidade modelo em paraíso das ratazanas
JOGOS MORTAIS
Escola envia carta aos pais alertando sobre a série 'round 6'
NAUFRÁGIO
Barco naufraga e duas pessoas desaparecem; buscas continuam nesta segunda (11)
FOTO: REDES SOCIAIS DESCARGA FATAL
Jovem morre ao desligar geladeira da tomada após queda de raio