Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 15 de abril de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Prefeito Tetila ainda enfrenta outras ações

20 Out 2004 - 07h23
O petista Laerte Tetila, primeiro prefeito reeleito da história de Dourados, ainda terá de enfrentar várias ações de cassação do registro de sua candidatura. O Cartório Eleitoral não soube informar o número exato de ações, pois algumas ainda estão em fase de inquérito policial e algumas representações movidas pelos advogados da candidata derrotada Bela Barros (PDT) ainda não receberam parecer do Ministério Público.
O promotor da 18ª Zona Eleitoral, João Albino Cardoso Filho, informou ontem ao Diário MS que até agora ele apresentou três ações propondo a cassação da candidatura de Tetila: sobre os outdoors espalhados na cidade em junho pela prefeitura, sobre a instalação do Governo Itinerante, também em junho, e o uso do nº 13 na capa dos carnês do IPTU deste ano. “A dos outdoors foi deferida, a do Governo Itinerante foi indeferida e a juíza ainda vai julgar a ação sobre o uso do 13 no carnê do IPTU”, afirmou João Albino Cardoso Filho.
A representação pedindo a cassação da candidatura de Tetila por causa da descoberta de requisições de combustíveis assinadas pelo secretário de Ermínio Guedes dos Santos ainda aguarda a conclusão inquérito na Polícia Federal.
Também estão em andamento as ações envolvendo a pintura de propaganda eleitoral de Tetila e do candidato a vereador não eleito José Roberto Buzzio (PT) em casas do conjunto popular “Estrela Verá” e da compra de carros vermelhos para a frota oficial do município e uso do nº 13 (número do PT e de Tetila na campanha eleitoral) nas placas de 80% dos veículos.
“Temos umas seis representações pedindo a cassação da candidatura dele por abuso de poder econômico e uso da máquina pública”, disse ontem o advogado Alessandro Lemes Fagundes. Apesar de reconhecer que o prefeito poderá obter um efeito suspensivo da sentença no Tribunal Regional Eleitoral, Alessandro Fagundes disse que a decisão é positiva. “O que nós queríamos era isso mesmo, a conclusão da ação”, afirmou.
 
 
 
 
 
 
Diário MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore