Menu
SADER_FULL
terça, 24 de novembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
FÁTIMA DO SUL - CORTES NOS GASTOS

Prefeito reduz próprio salário e mais cortes nos gastos públicos em Fátima do Sul

Em decreto o prefeito municipal, Júnior Vasconcelos (PSDB) determinou a redução no próprio salário e a

5 Set 2013 - 11h29Por Lucimara Luca / Assessoria

Em decreto o prefeito municipal, Júnior Vasconcelos (PSDB) determinou a redução no próprio salário e a contenção de gastos em Fátima do Sul. No mês passado o prefeito reuniu-se com os secretários municipais, onde apresentou a situação financeira do município e devido às circunstâncias foi decretado à redução nos gastos.

“Com mais uma queda no Fundo de Participação dos Municípios e os problemas na economia do país precisamos ficar atentos e supervisionar as despesas com os serviços públicos. Peço empenho e determinação de todos os secretários e principalmente cautela com os gastos”, disse o prefeito.

Segundo o prefeito a queda nas principais receitas públicas, o aumento nas despesas com os serviços do município e a necessidade de assegurar a regularidade dos pagamentos aos servidores, foram fatores determinantes para a Prefeitura Municipal reduzir os gastos.

Diante da situação o prefeito baixou o Decreto nº 80 contendo algumas medidas de contenção das despesas municipais, entre elas: redução do valor do subsídio de prefeito, vice-prefeito e secretários municipais, no percentual de 10%; redução da remuneração dos cargos e funções de confiança no percentual de 10%; redução para 10% do adicional; redução das despesas com gratificações de servidores efetivos e a redução dos contratos de servidores temporários e prestadores de serviços autônomos, pagos com recursos próprios.

Ainda conforme o decreto fica suspenso os seguintes atos administrativos: concessão de vantagem, aumento, reajuste ou adequação a qualquer título; criação de cargo, emprego ou função; alteração de estrutura de carreira que implique aumento de despesa; contratação de hora-extra, exceto quando imprescindível; concessão de férias e pagamento de gratificação de férias; concessão de licença prêmio e a realização de concurso para provimento de cargos e empregos públicos.

Para Júnior as medidas são fundamentais e os secretários tem o total apoio da prefeitura. “Pedimos empenho aos secretários e temos certeza que as medidas adotadas pela prefeitura serão importantíssimas para o desenvolvimento dos nossos projetos”, revelou Júnior.

Por fim o prefeito disse que não pretende prejudicar os servidores públicos, mas que o momento é de reflexão. “Como prefeito preciso avaliar e adotar medidas que vão de encontro com a realidade do município. Precisamos adequar nosso orçamento e repensar nossas ações. Com fé em Deus e muito trabalho vamos passar por essa má fase que tem afetado inúmeros municípios”, finalizou Júnior.

Aos interessados o decreto nº 80 foi publicado no dia 05 de setembro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AFOGAMENTO
Corpos de adolescentes desaparecidos são encontrados em 'piscinão'
CHACINA
Mulher, marido, filho e amigo são executados em chacina na saída de garimpo
LUTO NA MÚSICA
Morre, aos 83 anos, Seu Francisco, pai da dupla Zezé di Camargo e Luciano
LIGAÇÃO FATAL
Mulher dirige falando no celular, capota carro e morre
ASSASSINATO
Policia persegue e apreende menor que matou líder do PC do B em assentamento
TRISTEZA NA FAMILIA
Menino de 4 anos morre após quebrar o pescoço durante brincadeira
ALTA NO PREÇO
Bolsonaro diz que alta nos preços dos alimentos é consequência do "fique em casa"
CORONAVIRUS
UFPR confirma que dois cachorros testam positivo para coronavirus
AUXILIO POPULAÇÃO
Ala política defende prorrogar auxílio emergencial, mas Bolsonaro ainda não decidiu
DIAGNÓSTICO COMPROMETIDO
Bolsonaro diz que estados e municípios devem explicar testes de Covid sem uso prestes a vencer