Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 9 de abril de 2020
SADER_FULL
Busca
POLONIO IMÓVEIS
Brasil

Preço baixo pode desestimular aumento na área de algodão

6 Jul 2004 - 11h03
O preço baixo e alta dos insumos agrícolas pode desestimular o produtor a plantar algodão na safra 2004/05 e a perspectiva de crescimento de 20% a 25%, segundo acredita o presidente da Associação dos Produtores de Algodão de Mato Grosso do Sul, Adão Holffman, certamente terá de ser remodelada.
Em plena safra, com a oferta do produto em alta, a cotação da arroba em pluma está a R$ 53,00 chegando a R$ 54,00, enquanto no início do ano atingiu R$ 69,00 e até R$ 70,00. De uma máxima para a outra a redução foi de 23%.
Além da queda dos preços outro problema é o aumento de preços de defensivos, que são dolarizados, além de fertilizantes e outros insumos, como o óleo diesel. “Os produtores estão assustados com o aumento dos custos de plantio e o aumento previsto provavelmente não deve ocorrer”, afirma Holffman.
 
CG News

Deixe seu Comentário

Leia Também

GRANA NA CONTA
2,5 milhões receberam auxílio emergencial de R$ 600 nesta quinta
CPF IRREGULAR
Não consigo me cadastrar no auxílio emergencial porque meu CPF está irregular. O que eu faço?
FÁTIMA DO SUL - PÁSCOA NO MERCADO JULIFRAN
Confira a SUPER PROMOÇÃO de Páscoa do Mercado Julifran em Fátima do Sul
MORADIA
Caixa vai liberar R$ 43 bilhões para financiar a casa própria
PANDEMIA
Governo isenta consumidores de baixa renda do pagamento da conta de luz
CORONAVÍRUS NO MS
Sistema Drive-thru de testes para coronavírus começa em MS
PANDEMIA
Pagamento das parcelas do FCO empresarial está suspenso até dezembro de 2020
720 MORTOS
Casos de coronavírus no Brasil em 8 de abril
BENEFICIO DO GOVERNO
Caixa registra 22 milhões cadastros para auxílio emergencial
AUXILIO EMERGENCIAL
Calendário auxílio emergencial: confira as datas do pagamento das três parcelas