Menu
SADER_FULL
terça, 20 de abril de 2021
Busca
Brasil

Prática desportiva poderá ser obrigatória em presídios

22 Out 2004 - 14h58
A implantação de programas oficiais de prática desportiva nos presídios poderá tornar-se obrigatória se o Congresso Nacional aprovar o Projeto de Lei 4202/04, do deputado Ronaldo Vasconcellos (PTB-MG). O projeto faz alterações na Lei de Execuções Penais (Lei 7210/84) para viabilizar a prática do esporte como forma de reabilitação dos presos. "A excessiva quantidade de presos vem tornando o sistema carcerário brasileiro insustentável e a reabilitação do presidiário é cada vez mais incerta; o esporte pode ser um instrumento precioso para a diminuição do ócio que só existe em meio aos presidiários, contribuindo inclusive para reduzir as rebeliões, fugas e outros crimes", argumenta o autor.
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, está atualmente na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, onde é relatado pelo deputado Nelson Pellegrino (PT-BA). Depois, deverá ser analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Redação.
 
 
Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

VITIMA DA COVID 19
Vídeo: enfermeiro que receitava cloroquina se passando por médico morre de Covid-19
OS AMORES DO REI
Roberto Carlos teve três casamentos, paixões secretas e perdas em seus 80 anos
JUVENTUDE EM ALERTA
Covid: Variante acelera intubação de jovens e SP orienta procurar ajuda no 1º dia de sintomas
ATAQUE CANINO
Pit bull mata criança de 2 anos e deixa o irmão dela ferido
VIDEO CAPIVARA NA IGREJA
Capivara invade igreja: 'acho que ela veio rezar conosco', brinca Padre
BEBEDEIRA
Idoso conhece mulher, leva para casa é atacado a facadas
ROUBO DE CARGA
Três mil pessoas roubam carga de carne após carreta tombar e provocam novo acidente
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa credita 1ª parcela do Auxílio Emergencial nesta quinta para nascidos em maio
mulher carro beltrao 1 VIDEO
Mulher cai e fica ferida após ser flagrada em cima de carro em movimento
DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas