Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 22 de setembro de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Portabilidade numérica de telefones cresce 3,8% no ano passado

12 Jan 2011 - 07h38Por www.correiobraziliense.com.br

Transferências de operadora de telefonia com a manutenção do número já beneficiam 8,04 milhões de clientes.

Mas, como são só 5% dos cancelamentos de contratos, afetam pouco as companhias.

Em busca de tarifas menores e serviços melhores, 4,54 milhões de consumidores se beneficiaram da portabilidade numérica de telefones no ano passado, aponta um balanço feito pela Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABR Telecom).

O crescimento foi de 3,8% em relação a 2009, primeiro ano em que a mudança de operadora sem a necessidade de troca do número se tornou uma opção para os usuários em todo o território nacional.

Ao todo, já foram realizados 8,04 milhões de transferências — 2,55 milhões de aparelhos fixos e 5,49 milhões de móveis.

No Distrito Federal, 302,5 mil transferências foram efetivadas desde setembro de 2008.

Em São Paulo, foram 2,3 milhões e, no Rio de Janeiro, 799 mil. A marca de 5 milhões foi alcançada em 16 de novembro de 2010.

Na avaliação de Eduardo Tude, diretor da consultoria Teleco, a tendência é a continuidade do lento crescimento das migrações, principalmente na telefonia fixa.

O especialista argumenta que, na telefonia móvel, a maior proporção das trocas se concentra entre os usuários do serviço pós-pago.

“O problema é que mais de 80% da base dos usuários do serviço móvel adota o modelo pré-pago.

Essa categoria de consumidor ainda não tomou gosto pela mudança de operadora”, explica.

Segundo Tude, a portabilidade é um benefício importante dos consumidores, apesar de o impacto para as operadoras ainda ser pequeno.

“Do total de cancelamentos de contratos, apenas 5% ocorrem com uso da portabilidade.

Por enquanto, o serviço funciona mais como uma comodidade para livrar usuários do ônus de ter de mudar de número do que como pressão sobre as operadoras”, pondera.

Só no último trimestre, 1,23 milhão de usuários recorreram à portabilidade — 443 mil de assinantes de serviço fixo e 783 mil de telefones móveis.

Os usuários de celulares fizeram quase 300 mil migrações em dezembro, recorde para um único mês.

Na telefonia fixa, o pico de migrações também se concentrou em dezembro, quando 163 mil trocas de operadora foram efetuadas.

Em 2009, o mês que apresentou a maior quantidade de transferências de operadora na telefonia fixa havia sido agosto, com 101,8 mil migrações.

O número de migrações na telefonia móvel em dezembro de 2010 foi 29% maior do que o registrado em janeiro do mesmo ano.

A mesma comparação na telefonia fixa teve crescimento de 74%

Deixe seu Comentário

Leia Também

HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada
CARROS SEMINOVOS
Como fazer uma boa escolha de veículos seminovos
LUTO NA TV
Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos, vítima de câncer
EM DECLINIO
Covid-19: Brasil registra 21,2 milhões de casos e 590,7 mil mortes
TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas