Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 25 de novembro de 2020
SADER_FULL
Busca
SITIOCA ALVORADA
dourados

Porcos nascem grudados pela barriga e caso é considerado raro na natureza

Um nascimento curioso chamou a atenção dos moradores do distrito de São Pedro

12 Set 2013 - 09h35Por Campo Grande News

Um nascimento curioso na semana passada chamou a atenção dos moradores do distrito de São Pedro, em Dourados. Dois porcos nasceram grudados pela barriga. Os porquinhos não resistiram e sobreviveram por apenas 10 minutos.

José Silvestre, 88 anos, dono do sítio onde os porcos nasceram, vive há mais de 20 anos no local e contou que nunca tinha presenciado uma situação como essa. “Já vi porca parir mais de 20 leitões, bezerros e carneiros nascerem gêmeos, mas um animal grudado no outro, jamais”, disse.

Segundo o veterinário Fábio Santos Hajjad, o fato ocorre quando o óvulo é fecundado duas vezes, porém entre os animais, o caso é raro.

“Em meio aos animais, isso é um fato raro. É difícil que os animais sobrevivam mas, através de uma cirurgia, se os dois tiverem todos os órgãos, é possível fazer a separação dos troncos. Neste caso, possivelmente os dois compartilhavam os mesmos órgãos e nem mesmo cirurgia poderia salvar os dois” explicou.

De acordo com o site Dourados Agora, uma das filhas do casal, Ana Lúcia Pereira, contou que um capataz da chácara acompanhava a leitoa no chiqueiro, já que o animal é muito grande e poderia se deitar em cima dos filhotes e matá-los. Segundo ela, a porca já tinha parido 13 leitões, quando vieram os dois porquinhos grudados.

“Nós levamos até um susto, porque eles não se separavam e vimos que realmente estavam grudados. Levamos para dentro de casa, mas, infelizmente, não aguentaram por muito tempo e acabaram morrendo”, conta.

Outra filha do dono da chácara, Tereza de Jesus, lembra que a cena até a comoveu. “Parecia que eles estavam se abraçando, era algo estranho, mas ao mesmo tempo comovente”, salientou Tereza de Jesus.

Os dois porcos foram congelados a pedido das filhas de José. Eles poderão ser usados em estudos sobre o fenômeno.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Zezé Di Camargo canta durante velório do pai, Francisco Camargo, em Goiânia  Foto: Vítor Santana G1 TRISTE PARTIDA
Zezé Di Camargo toca sanfona e canta 'É o Amor' durante velório do pai
LUTO NA TV
Fernando Vannucci, apresentador, morre aos 69 anos em São Paulo
AFOGAMENTO
Corpos de adolescentes desaparecidos são encontrados em 'piscinão'
CHACINA
Mulher, marido, filho e amigo são executados em chacina na saída de garimpo
LUTO NA MÚSICA
Morre, aos 83 anos, Seu Francisco, pai da dupla Zezé di Camargo e Luciano
LIGAÇÃO FATAL
Mulher dirige falando no celular, capota carro e morre
ASSASSINATO
Policia persegue e apreende menor que matou líder do PC do B em assentamento
TRISTEZA NA FAMILIA
Menino de 4 anos morre após quebrar o pescoço durante brincadeira
ALTA NO PREÇO
Bolsonaro diz que alta nos preços dos alimentos é consequência do "fique em casa"
CORONAVIRUS
UFPR confirma que dois cachorros testam positivo para coronavirus