Menu
SADER_FULL
sábado, 15 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
Brasil

Polícial Militar mata homem a tiros em bar de Iguatemi

8 Mai 2007 - 08h18

O policial militar Gilson Kreskiuski Inglês, 30 anos, lotado no batalhão de Iguatemi é acusado de matar com dois tiros nas costas Odair José Messias, 25 anos. O crime ocorreu na tarde desta segunda-feira, por volta das 16h40, em um bar localizado na avenida Presidente Vargas, em Iguatemi.

Segundo a Polícia Militar, Inglês foi esfaqueado pela vítima há um mês. Ele foi ferido no rosto e perdeu três dentes. Na tarde desta segunda-feira, Inglês viu Messias sentado no bar e foi tomar satisfação com o desafeto. A vitima viu o policial chegando e tentou fugir por uma porta lateral do bar, mas a saída estava fechada. O policial então deu dois tiros nas costas da vítima.

Messias chegou a ser socorrido pelos bombeiros e levado para o hospital local, onde foi transferido para o Hospital Universitário em Dourados, mas devido a gravidade dos ferimentos acabou morrendo antes de chegar em Dourados. A polícia investiga o paradeiro do policial. A Polícia Civil trabalha com a hipótese de vingança. Messias tinha varias passagens pela policia, uma delas por homicídio.

 

 

TV Morena

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Anitta posta foto pelada e recebe comentário até de Miley Cirus
DOURADOS - UNIGRAN
Acadêmico de Fisioterapia da UNIGRAN tem trabalho publicado em revista de âmbito internacional
IRREGULARIDADES
Prefeitura contrata funerária para transportar pacientes vivos em MT
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Dono de Padaria de 78 anos estupra filha de funcionária de seu estabelecimento
HB20 SEDAN
Conheça mais o HB20 Sedan
BORA PRA BONITO - MS
Alguns passeios fantásticos para você fazer em Bonito (MS)! E dicas legais
100 RISCO
OMS minimiza risco de novo coronavírus entrar na cadeia alimentar
HORÓSCOPO DO DIA
HORÓSCOPO DO DIA: Veja a previsão de hoje 14/08/2020 para o seu signo
CARA DE PAU
Cliente põe o próprio cabelo em lanche e tenta não pagar. VEJA O VÍDEO
VIOLENCIA DOMESTICA
Veterinária é agredida por ex-namorado médico e diz que tem medo de dormir em casa