Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 25 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Polícia prende "mentor" de quadrilha de assaltantes de joalheria

15 Jan 2010 - 13h00Por ACS / Assessoria de Comunicação Social da UFGD

A FCS (Faculdade de Ciências da Saúde) da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) abrirá em fevereiro as inscrições para o curso de Mestrado Profissional de Vigilância em Saúde das Fronteiras que será realizado na cidade pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca – ENSP/FIOCRUZ. O curso é coordenado pela professora Mariza Miranda Theme Filha e tem como Coordenador Adjunto o infectologista Rivaldo Venâncio da Cunha.

A proposta deve responder às demandas de formação de gestores e profissionais de saúde na área de Vigilância em Saúde. O curso é voltado, especificamente, para os profissionais de saúde pública inseridos nos serviços, com conteúdos programáticos dirigidos para atender às necessidades do cotidiano desses serviços e com a produção de conhecimento advinda e voltada para essa realidade, visando contribuir para o fortalecimento do Sistema Nacional de Vigilância à Saúde e a consolidação do Sistema Único de Saúde do Brasil, bem como contribuir com a implantação do novo Sistema de Saúde paraguaio.

O objetivo é formar gestores e profissionais de saúde em atividades de pesquisa e desenvolvimento tecnológico na área de Vigilância em Saúde na fronteira Brasil-Paraguai, além de capacitar os alunos para o planejamento e a avaliação de políticas públicas e desenvolvimento de tecnologias com enfoque epidemiológico, social e ambiental.

A idéia é também capacitar os alunos para a estruturação dos Sistemas Nacionais de Vigilância em Saúde (SNVS) dos dois países, envolvendo as áreas de vigilância de doenças transmissíveis, não-transmissíveis, laboratórios de saúde pública, vigilância ambiental em saúde e operacionalização de sistemas de informação em saúde. E capacitar os alunos para a produção de diagnósticos e soluções aplicadas ao Sistema Único de Saúde e para a elaboração de estudos epidemiológicos e análise de dados primários e secundários.

Para este Mestrado serão ofertadas 25 vagas, distribuídas da seguinte forma: 05 vagas para profissionais vinculados ao Ministério de Saúde Pública e Bem-Estar Social do Paraguai, 04 vagas para profissionais vinculados à Agência Nacional de Vigilância Sanitária e 16 para as demais instituições.

O Curso será realizado em regime presencial, com atividades desenvolvidas durante uma semana a cada mês, com 45 horas-aula cada. A duração será de 24 meses, iniciando no dia 03 de maio de 2010, com término previsto para abril de 2012

INSCRIÇÕES

As inscrições estarão abertas de 10 de fevereiro a 11 de março de 2010. Todas as informações referentes às inscrições poderão ser obtidas no site da Plataforma Siga (www.sigass.fiocruz.br) link Inscrição > Saúde Pública ENSP.

Os candidatos interessados deverão preencher o formulário eletrônico de inscrição disponível no site da Plataforma SIGA, o qual posteriormente deverá ser impresso, assinado e encaminhado via Correios, por Sedex 10, juntamente com os documentos necessários para o Serviço de Gestão Acadêmica da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (SECA), Rua Leopoldo Bulhões, 1.480 – Térreo - Manguinhos - CEP 21041-210 - Rio de Janeiro – RJ.

São documentos necessários: 1. Formulário eletrônico de inscrição, disponível no site da Plataforma SIGA, impresso e assinado; 2. Curriculum vitae criado na Plataforma Lattes (www.cnpq.br); 3. Carta de liberação da chefia da instituição de vínculo do candidato, constando: a) exercício efetivo em atividades de Vigilância em Saúde, conforme estabelecido no item 2 (público alvo) e b) Disponibilidade para afastamento de uma semana por mês para os módulos presenciais, qualificação e defesa da dissertação; 4. Proposta preliminar de trabalho (letra tipo Arial, tamanho 12, espaço duplo), de no máximo 8 páginas, na qual o candidato (a) deverá situar o tema de interesse dentro da Saúde Pública e na área de Vigilância em Saúde e (b) explicitar quais contribuições a proposta poderá trazer no âmbito do conhecimento e das ações sobre o tema na Vigilância item Saúde.

SELEÇÃO

A seleção será realizada em três etapas: a primeira consistirá de Prova de Inglês; a segunda etapa incluirá Prova Escrita, sobre temas relevantes na área de Vigilância em Saúde; e a terceira etapa constará de entrevista, análise de curriculum vitae e análise da Proposta de Trabalho.

A Prova de Inglês será aplicada no dia 22 de março de 2010, das 9h às 12h, na Sala 5 da Faculdade de Ciências da Saúde, Universidade Federal da Grande Dourados, Cidade Universitária – Rodovia Dourados-Itahum km 12 – Dourados. Estarão dispensados da prova de inglês os candidatos que, no momento da inscrição, apresentarem cópia autenticada do TOEFL Internet-Based (iBT), com pontuação 53-64, dentro do prazo de validade de dois anos; Certificado do Michigan (ECCE, MTELP, ECP) ou Cambridge (FCE, CAE, CPE).

A Prova Escrita será realizada no dia 25 de março de 2010, das 9h às 12h, na Sala 5 da FCS da UFGD. E a Entrevista acompanhada da análise da Proposta de Trabalho e do Curriculum Vitae será realizada no período de 5 a 7 de abril de 2010, das 9h às 17h, na Sala 5 da FCS da UFGD.

O resultado será divulgado na Plataforma SIGA (www.sigass.fiocruz.br).

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"
VIDEOS VAZADOS
Torcedora do flamengo esquenta a web com vídeos íntimos
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra em 24 horas 36.473 novos casos e 876 novas mortes
REVOLTANTE
Criança autista vítima de maus tratos é encontrada comendo fezes de cachorro para sobreviver
HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada