Menu
SADER_FULL
domingo, 28 de fevereiro de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Polícia paraguaia apreende quase 1 tonelada de cocaína

1 Jun 2011 - 08h55Por Mercosul News

Mais de 860 quilos de cocaína foi apreendido na tarde desta terça-feira (31) em Porto Fénix, localizado na cidade de Mariano Roque Alonso, no Paraguai. A operação foi realizada pela Polícia Nacional e por agentes fiscais antidrogas. Um contêiner guardava 875,55 quilos da droga, que estava escondida sob um carregamento de arroz, cujo destino era a África do Sul, segundo a Polícia Nacional.

 

O container vinha de Ciudad del Este, na divisa com a cidade brasileira de Foz do Iguaçu (PR) e tinha como destino Moçambique, segundo informou o jornalista Osvaldo Cazenave, do jornal ABC Color. A cocaína, acondicionada em 140 sacas, seria boliviana.

A operação foi encabeçada pela Polícia Nacional e pelo Ministério Público paraguaio. Dentro de cada bolsa havia cerca de sete tabletes. Até o início da noite de ontem o total pesado já passava dos 870 quilos e a polícia não descarta de que haja uma quantidade maior.

Miguel Ángel Acosta, diretor da Aduana, confirmou que o carregamento da droga estava em nome de Ángel Tomás Aguayo Saldívar e deveria ser enviada ao seu destino na tarde desta terça-feira. Um despachante identificado como José Domingo Martínez foi preso durante a operação.

A informação sobre a prisão foi confirmada pela fiscala (promotora de Justiça) Gilda Villalba entrevista ao ABC Digital. A autoridade do Ministério Público assegurou que já tem a identificação das pessoas responsáveis pelo carregamento e não descarta que possa haver outras detenções.

De acordo com informações, a polícia deve abrir hoje outro container. Fontes policiais garantem que esta é a maior apreensão de cocaína da história do Paraguai. A suspeita dos investigadores é que dois conteiners possuem droga e que a carga pode passar de uma tonelada.

Durante a batida policial várias pessoas foram presas, inclusive ainda há buscas sendo realizadas em distintos pontos da localidade de Gran Asunción, à procura de narcotraficantes ligados ao envio de entorpecentes para a Eurota e de outras pessoas vinculadas ao tráfico internacional de drogas.

A mega operação foi executada pelo grupo de Coordenação de Investigações Aduaneiras (CIA), integrada por policiais da Inteligência Antinarcóticos da Polícia Nacional, funcionários da Aduana e agentes da DEA, da Embaixada dos Estados Unidos, que receberam informação confidencial sobre a movimentação dos traficantes que tentavam enviar a droga para a África.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARCERE PRIVADO
Homem é preso por cárcere privado e violência doméstica após mulher pedir socorro com foto nas redes
NOVO AUXILIO
Presidente afirma Auxílio emergencial deve voltar em março, com parcelas de R$ 250
ALERTA EPIDEMIOLÓGICO
Covid-19: Brasil registra 1.541 mortes em 24 horas
MUNDO DO CRIME
Após morrer de Covid-19 no mesmo dia, casal tem oficina invadida e furtada
TRISTEZA NA FAMILIA
Pai e filho morrem de Covid-19 com poucas horas de diferença
CNH GRÁTIS
CNH Grátis: 8 mil carteiras gratuitas liberadas pelo DETRAN; inscreva-se
FINAL DA COPA DO BRASIL
Quem será o campeão da Copa do Brasil?
DIVIDA PÚBLICA
Dívida pública sobe em janeiro e atinge R$ 5,06 trilhões
ALÔ NAÇÃO RUBRO-NEGRA
VÍDEO: 'Jorge' o Urubu queridinho de Culturama viraliza nas redes sociais da Nação Rubro-Negra
LOCKDOWN
Com explosão de casos de covid, e 14 deputados infectados A. Legislativa volta a fechar as portas